Bebê elefante cai em uma poça de lama – e não consegue sair

Bebê elefante cai em uma poça de lama – e não consegue sair

Por Zainab Akande / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Para um bebê elefante que provavelmente foi abandonado por sua manada após ter ficado preso, a ajuda não poderia ter vindo mais rápido.

No último dia 18, a ONG David Sheldrick Wildlife Trust (DSWT) foi alertada sobre o sofrimento de um elefante que precisava urgentemente de ajuda. O pequeno filhote macho, que vive no Tsavo National Park, no Quênia, tinha caído em uma poça de lama – e não conseguiu sair antes de ficar preso.

“Infelizmente ficou aparente que ele tinha estado preso por um longo tempo já que, depois do resgate, ele estava completamente exausto e quase entrando em colapso”, DSWT escreveu no Facebook.

A equipe de resgate que correu para salvá-lo teve que usar cintas e muita força para puxar o elefante, estimado em 3 anos de idade, para fora da poça.

Quenia elefantelama 2

Uma vez liberto, o pequeno elefante caiu em um colchão colocado para ele, exausto pelos seus esforços para escapar.

Quenia elefantelama 3

Quando o elefante retornou ao Voi Reintegration Unit do DSWT para se recuperar, ele recebeu soros para ajudar a combater sua desidratação.

Quenia elefantelama 4

A equipe usou uma corda para ajudá-lo a se levantar, já que ele não conseguia fazer isso sozinho. Felizmente, ele aceitou a comida que foi oferecida a ele também.

Quenia elefantelama 5

“24 horas depois e ainda visivelmente muito fraco, hoje ele conseguiu ficar de pé, o que é um sinal muito positivo”, o DSWT escreveu no dia 19. “Nossa equipe continua a fornecer cuidado dedicado e manteremos vocês a par de seu progresso”.

Quenia elefantelama 6

A esperança é que com a rápida ajuda de seus resgatistas, o elefante irá se recuperar completamente e conseguirá retornar ao seu lar na selva queniana.

Quer ajudar o DSWT a continuar com esse ótimo trabalho pelos elefantes? Considere fazer uma contribuição.

E confira este vídeo de um elefante que levou um tiro em sua cabeça e sabia exatamente a quem pedir ajuda:

Fonte: The Dodo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.