Bebê ursa resgatada volta à floresta, e vai à loucura na Malásia

Bebê ursa resgatada volta à floresta, e vai à loucura na Malásia

Por Ameena Schelling / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Esta pequena ursa-malaio nos mostra um dos melhores motivos pelo qual animais silvestres não devem ser mantidos como animais de estimação: sua alegria pura ao ser reintroduzida na floresta de onde foi arrancada.

malasia ursa1

Como muitos filhotes de urso, Kala foi vítima do tráfico ilegal de animais silvestres. Sua mãe provavelmente foi morta por caçadores para que a pequena filhote pudesse ser vendida como animal exótico. Felizmente, a pessoa que comprou Kala prontamente a entregou às autoridades, e ela foi enviada ao Bornean Sun Bear Conservation Center (BSBC) na Malásia em janeiro, já magra e mal nutrida do seu breve tempo no cativeiro.

malasia ursa2

Kala rapidamente melhorou no BSBCC, e os cuidadores começaram a levá-la para passear na floresta no fim de fevereiro. O resultado foi uma emoção desenfreada.

Fotos mostram a pequena ursa completamente empolgada conforme ela explora sua nova liberdade. De volta à floresta pela primeira vez desde que foi tirada de sua mãe, ela pode ser vista mordendo galhos, explorando tudo que vê e rolando pelo chão da floresta em pura felicidade.

malasia ursa3

“Kala é tudo que um filhote deve ser – brincalhona, curiosa e doce por natureza”, BSBCC escreveu em seu site. “Kala ama passar seu tempo deitada na floresta e pegando folhas secas ou galhos para morder e brincar. Ela se tornou mais ativa e energética, e suas atividades favoritas incluem fazer buracos, comer terra, e brincar”.

malasia ursa4

BSBCC disse que Kala adora fazer buracos a procura cupins e minhocas para comer. Como pode ser visto na foto, ela também tem uma paixão estranha mas inofensiva por comer terra.

malasia ursa5

Ela também parece um pouco assustada. “Quando ela cruza com algo inesperado, como uma centopéia ou formiga gigante, ela toma muito cuidado, mostra pouco interesse, e depois sai correndo”, BSBCC escreveu.

Na natureza, Kala ficaria com sua mãe até completar 2 ou 3 anos de idade. Como ela foi cruelmente arrancada, BSBCC se tornou responsável por criar a pequena ursa e, com muitas esperanças, reintroduzi-la à natureza.

malasia ursa6

Atualmente, cuidadores estão tentando ensinar Kala a subir em árvores. Ursos-malaio são arboríferos, mas Kala ficava um pouco atrapalhada quando algum cuidador tentava ajudá-la a subir nas árvores. Então eles construíram uma pequena floresta em casa para que ela possa brincar, e gradualmente ficar mais confortável ao sair do chão.

malasia ursa7

E a pequena ursa aproveita tudo o que tem. Como ela não tem mãe ou irmãos para “brincar de luta”, ela gosta de brincar de atacar as botas dos cuidadores com suas pequenas garras e dentes.

malasia ursa8

“Suas habilidades na floresta estão melhorando a cada dia”, BSBCC escreveu. “Nós estamos extremamente felizes que a Kala terá uma segunda chance de viver na natureza assim que ela estiver pronta”.

Para ajudar no cuidado da Kala, você pode realizar sua doação para o BSBCC através do seu site: http://www.bsbcc.org.my/donate.html

Veja mais da feliz reintrodução da pequena ursa na floresta.

malasia ursa9

malasia ursa10

malasia ursa11

malasia ursa12

malasia ursa13

malasia ursa14

malasia ursa15

malasia ursa16

malasia kala1

malasia kala2

malasia kala3

malasia kala4

malasia kala5

malasia kala6

Fonte: The Dodo 

Nota do Olhar Animal: A vida na natureza é bastante sofrida, bem longe da visão idílica que se tem dela. Mas, o cativeiro é bastante danoso, certamente não é a melhor situação para um animal. 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.