Bem-Estar Animal capacita mais de 100 pessoas contra maus-tratos em palestra, em Cuiabá

Bem-Estar Animal capacita mais de 100 pessoas contra maus-tratos em palestra, em Cuiabá

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria-adjunta de Bem-Estar Animal, capacitou mais de 100 funcionários do Shopping Pantanal por meio da palestra “Compreendendo e combatendo o sofrimento animal”. A ação de conscientização em prol da causa animal foca o trabalho diário enfrentado pela equipe da Bem-Estar Animal, situação dos animais quando são resgatados e o restabelecimento depois da acolhida, adoção, legislação e outros assuntos que visam coibir a violência que afeta os pets. O evento aconteceu nesta quarta-feira (25), no auditório da Universidade de Cuiabá, instalada nas dependências do centro comercial. Outras iniciativas estão em construção para desenvolvimento em parceria com a administração do shopping.

“O objetivo é propagar o sentimento de mais amor aos animais e, consequentemente, coibir as agressões, maus tratos e abandono vivenciadas diariamente. Esperamos que esses participantes se engajem nessa missão, que eles sejam multiplicadores e espalhem as informações recebidas, além de saberem como usar caso seja necessário”, explicou a secretária-adjunta de Bem-Estar Animal, Andrea Mello.

A capacitação visa construir cidadãos cada vez mais atuantes em fazer o bem no ambiente de trabalho e em outros.

“Conheço o trabalho da Bem-Estar Animal de outras ações, e estamos aqui ampliando o conhecimento uma vez que o setor operacional do shopping faz esse trabalho de resgate de animais. Agora, estamos melhorando e profissionalizando esse trabalho, como ter um local adequado para acolher esses animais até que o resgate oficial seja realizado. Também temos feirinhas mensais de adoção de animais aqui”, frisou a gerente comercial, Tamara Behling.

A veterinária e responsável técnica do canil da Bem-Estar Animal, Tatiana Soares, que palestrou para o grupo de funcionários, explicou a satisfação em poder contribuir e orientar porque há demandas de animais abandonados no entorno do local. “A ideia é de superação e engajamento para que os animais sejam acolhidos com o devido abrigamento até que tenham o resgate adequado. Existem traquejos para se aproximar e certos cuidados para identificar a saúde desses animais sem que a pessoa corra o riscos. Cada caso é um diferencial de comportamento e atitude”, explicou.

Entre as participantes estava a assistente comercial Maria Luiza Brandão. Ela não conhecia o assunto abordado, mas gostou e achou prudente a iniciativa. “Achei necessária a palestra, deveria chegar ao conhecimento de mais pessoas, todo mundo precisa ouvir uma palestra dessa para saber tratar o animal com a qualidade de vida que ele merece”, frisou.

O trabalhador do setor de limpeza e conservação, Robin Alcântara, também avaliou como de suma importância. “O que ouvimos foi muito importante porque realmente tem muitos animais que sofrem nas ruas e precisam de uma atitude nossa, uma ligação pode salvar um deles. E se a gente aprende como tratar o animal e souber como abordar quando achar algum deles na rua fica mais fácil lidar com a situação e defender. Já tivemos situações aqui mesmo, onde acolhemos muitos animais”, revelou.

A expectativa é desenvolver a palestra ‘Compreendendo e combatendo o sofrimento animal” em outros locais. “Amar os animais é como amar ao próximo. Os bichinhos, assim como os seres humanos, não gostam de ser maltratados. Sofrem, adoecem e tem mudança de comportamento, só não falam. Cabe a cada um de nós entender que é uma vida”, pontuou Andrea.

Por meio da conscientização é que se acende um caminho de melhorias para a causa animal, pois trata-se de um mecanismo que pode gerar mudanças de atitudes nas pessoas. É acreditando nessa mudança de comportamento do ser humano que a Secretaria de Bem-Estar Animal, vinculada a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SMADES) tem realizado além das palestras, também a Blitz Animal que consiste na abordagem das pessoas e entrega de material gráfico orientativo. A Blitz Animal ocorre paralelamente às feiras de adoção em diferentes locais da cidade. E o Projeto Protetor Mirim, nas escolas do município de Cuiabá.

Fonte: Isso é Notícia