Foto: Reprodução / Instagram

Bombeiro escala montanha e resgata cão que ficou sem comer e beber por 4 dias em Ibiraçu, ES; vídeo

A história de um cãozinho preso em uma montanha na região de Pedro Palácios, em Ibiraçu, teve todas as emoções e contornos possíveis para uma trama de resgate. O animal viveu uma experiência dramática ao passar fome e sede por quatro dias no alto do monte e de sofrer uma queda de quatro metros na hora do socorro. Mas, felizmente, tudo acabou bem para todos os personagens reais dessa saga.

Os heróis que trouxeram o alívio para tutora e cão foram o Cabo Fabre, do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo, e sua equipe. Com larga experiência em escalada, ele foi o responsável por executar a operação depois de todo o planejamento com seu grupo.

“Na última quarta-feira (25), as equipes do quartel de Aracruz receberam um chamado para resgatar um cachorro que estava preso em uma montanha, desde o sábado (21). Chegando ao local, em Pedro Palácio, próximo à linha férrea, os militares constataram o risco da operação de resgate, visto que, para ter acesso ao local onde o cão estava, eles teriam que fazer uma escalada, de aproximadamente 55 metros, numa montanha sem via para isso, além de um rapel para a descida”, detalhou o tenente-coronel Carlos Wagner ao postar o vídeo em uma rede social com o resgate.

O animal, ao ser encontrado, não conseguia nem andar, pois estava sem água e comida. “Durante a descida da montanha, bombeiro e cachorro passaram por um momento de muito temor. Eles sofreram uma queda de quatro metros. Mas foram salvos pela guia de segurança feita para o rapel. Apesar do grande risco, o militar resgatou com sucesso o cão e o entregou para a solicitante”, disse o tenente-coronel.

Ele acrescentou: “Não importa a vida, não importa o local, estamos aqui, todos por todos, 24h à disposição da sociedade capixaba. Conte conosco! Estamos nas ruas trabalhando pela segurança de vocês. Fiquem em casa por nós!”

View this post on Instagram

#repost @bombeiromilitares ・・・ TODA VIDA TEM VALOR . 🚒🐕❤️ . Na última quarta-feira (25), as equipes do quartel de Aracruz receberam um chamado para resgatar um cachorro que estava preso em uma montanha, desde o sábado (21). . Chegando ao local, em Pedro Palácio, próximo a linha férrea, os militares constataram o risco da operação de resgate, visto que, para ter acesso ao local onde o cão estava, eles teriam que fazer uma escalada, de aproximadamente 55 metros, numa montanha sem via para isso, além de um rapel para a descida. . O cabo Fabre, com experiência em escalada, foi o responsável por executar a operação depois de todo o planejamento com sua equipe. . Lá em cima, o cachorro já estava bastante debilitado, sem conseguir andar, pois estava há, pelo menos, cinco dias sem água e comida. . Durante a descida da montanha, bombeiro e cachorro passaram por um momento de muito temor. Eles sofreram uma queda de quatro metros. Mas, foram salvos pela guia de segurança feita para o rapel. . Apesar do grande risco, o militar resgatou com sucesso o cão e o entregou para a solicitante. . Não importa a vida, não importa o local, estamos aqui, todos por todos, 24h à disposição da sociedade capixaba. Conte conosco! . Estamos nas ruas trabalhando pela segurança de vocês. Fiquem em casa por nós! . . Equipe . Sargento Edvaldo Sargento Pagiola Cabo Fabre . . . Corpo de Bombeiros Militar "Vida Alheia e Riquezas Salvar" . @coronelcerqueira @celwagnerborges . . #FiqueEmCasa #Empatia #Bombeiros #SomosTodosBombeiros #GovernoES #VidaAlheiaeRiquezasSalvar #OrgulhodoPovoCapixaba #193Bombeiro #Amor #Incêndio #Vidas #ConduzindoVidas #Firefighter #Firefighters #EspíritoSanto #Capixaba #Bombeiros24h #CapixabaDaGema

A post shared by Ten. Coronel Wagner Borges (@celwagnerborges) on

Fonte: Folha Vitória

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.