Bombeiro faz respiração boca-a-boca para salvar cão após incêndio nos EUA

Bombeiro faz respiração boca-a-boca para salvar cão após incêndio nos EUA

Bombeiros da Califórnia salvaram um cachorrinho resgatado de um incêndio após 20 minutos de tentativas de reanimá-lo, o que incluiu até respiração boca-a-boca.

A tutora do cão, Crystal Lamirande, de 35 anos, acabava de voltar ao seu apartamento em Santa Mônica na terça-feira (21) quando uma vizinha gritou que havia um incêndio.
Crystal tentou desesperadamente salvar seu cachorrinho, de 10 anos chamado Nalu, mas a fumaça era muita e ela não conseguiu entrar.

Os bombeiros chegaram, e Crystal lhes disse que o cachorrinho estava preso dentro do apartamento.

O bombeiro Andrew Klein entrou engatinhando no apartamento em busca de Nalu, enquanto outro bombeiro jogava água nas chamas. Klein encontrou Nalu inconsciente e o tirou de lá.

“Ele estava totalmente desmaiado”, disse Klein. “O levantei e saí correndo do apartamento porque o tempo é crucial, especialmente com um cachorro pequeno. Falhar não era uma opção.”

Enquanto Crystal, ajoelhada, chorava, Klein e sua equipe passaram 20 minutos tentando reanimar Nalu, com oxigênio, ressuscitação cardiopulmonar e finalmente respiração boca-a-boca. Um vídeo feito por um passante mostra a ação e o momento em que Nalu volta a respirar.

Crystal disse que não podia acreditar no tempo que os bombeiros dedicaram a salvar seu cachorrinho, que, segundo ela, é um membro da família.

Ela disse que Nalu passou as 24 horas seguintes se recuperando em uma câmara de oxigênio e que, dois dias depois, já estava quase o mesmo que antes.

Ele tosse um pouco, mas está muito feliz, disse.

O bombeiro Andrew Klein segura Nalu após o resgate. (Foto: Crystal Lamirande via AP)

Fonte: G1 (com imagens do Diário de Notícias / Portugal)

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.