Botucatu (SP) terá protesto pacífico contra maus-tratos aos animais

Botucatu (SP) terá protesto pacífico contra maus-tratos aos animais

Um grupo de protetores, que defende a Causa Animal, realizará em Botucatu uma Passeata Pacífica, no próximo dia 12 (domingo), para chamar a atenção das autoridades e população em geral em relação aos constantes atos de maus-tratos ocorridos na Cidade e na Região.

O Jornal Leia Notícias entrevistou a auxiliar administrativo, Juliana Colar Ferreira dos Santos, 30 anos, uma das coordenadoras e responsável pelo evento. Ela confirma que a ação foi motivada após os seguidos acontecimentos envolvendo tutores irresponsáveis, que acabaram com a morte ou com agressões contra cães.

Acompanhe a entrevista sobre a Passeata Pacífica “Somos a Voz dos Animais”, que ocorrerá a partir das 15 horas, com concentração no Largo da Catedral, no Centro de Botucatu.

LEIA NOTÍCIAS – A organização deste evento é de alguma entidade específica?

JULIANA COLAR – Somos protetores independentes de Botucatu e estamos nos unindo cada vez mais para defender a Causa Animal. É uma forma pacífica de chamar a atenção dos órgãos públicos e da população para o que está acontecendo. A posse irresponsável de tutores, sem orientação e sem punição, tem levado a morte de muitos animais e abandonos na Cidade.

LN – A motivação desta passeata são os últimos casos de agressões contra animais em Botucatu e região?

JC – Sim! E muitos episódios ainda não têm sido divulgados. Os casos mais recentes são o da cachorra que morreu após ter ficado no sol, amarrada. Teve também um caso de um senhor, na Rua Amando, que deu uma paulada em um cachorro, causando um transtorno para a família do animal e por último o episódio de São Manuel, onde o tutor do animal o espancou e quase o enterrou vivo.

LN – O que vocês esperam atingir com este evento?

JC – Queremos, primeiramente, o apoio da população para que denunciem, pois sabemos que há muitos casos escondidos. As pessoas tem medo de denunciar. Queremos conscientizar a todos que toda forma de vida deve ser respeitada, seja ela qual for. Esperamos que os órgãos públicos sejam mais duros com as penas para pessoas que maltratam animais, só assim as pessoas terão consciência de que todo ato de selvageria e brutalidade deve ter uma punição. Estamos todos unidos por uma só causa e é nosso dever auxiliar toda a população. Esperamos que está causa cresça muito e que as pessoas comecem a tornar nosso município melhor para os animais. Queremos também mostrar que é dever de todo cidadão proteger e zelar por todos os animais, seja ele de rua ou não.

LN – Todas as pessoas podem participar? Poderá levar animais na Passeata?

JC – Sim. Será aberta ao público e pedimos para que todos levem cartazes e faixas. Será liberado também para levar animais, mas lembrando que é preciso ter responsabilidade, pois como será em um lugar de trânsito e de fácil acesso à Avenida, ficará para a responsabilidade de seu tutor.

LN – Qual é a expectativa de participantes?

JC – Esperamos contar com 150 a 200 pessoas, mas todos serão bem vindos.

Fonte: Leia Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.