BPA combate tráfico de animais silvestres no interior de Alagoas

BPA combate tráfico de animais silvestres no interior de Alagoas

Combate ao comércio ilegal ocorreu nas feiras livres de Arapiraca e Maribondo.

O Batalhão de Polícia Ambiental efetuou na manhã de domingo, 25, um combate ao comércio ilegal de animais silvestres nas feiras livres do agreste alagoano, município de Arapiraca e zona da mata, no município de Maribondo.

A ação resultou no impedimento da comercialização de 112 pássaros silvestres (Galo da campina, papa-capim, etc). Os animais estavam expostos à venda sem a devida permissão, licença ou autorização do órgão competente, conforme preconiza o Art. 29, inc. III, da Lei 9605/98 (Lei de Crimes Ambientais).

Além da venda, os autores também incorrem ao art. 32 ” Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”, devido aos pássaros se encontrarem em pequenos compartimentos (cambucus e viajantes), expostos a todo e qualquer intempérie (calor, chuva, etc).

Os autores, ao perceberem a presença dos policiais, empreenderam fuga tomando destino ignorado e deixaram os animais e todo o material no local do ilícito.

Fonte: Tribuna Hoje (com informações da Ascom / PM-AL)

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.