Brasileira fundadora de abrigo para animais na Flórida (EUA) pede ajuda da comunidade

Brasileira fundadora de abrigo para animais na Flórida (EUA) pede ajuda da comunidade
Viviane Noya fundou abrigo há dois anos (Foto: Achei USA)

O abrigo para felinos United for Animal Rescue, localizado em Margate (FL), tem hoje 120 gatos para adoção, mas já chegou a ter 150.  A fundadora do local é a pernambucana Viviane Noya, que mora na Flórida há 18 anos e há dois anos assumiu praticamente sozinha a administração do abrigo. A informação é do jornal Acheiusa.com.

Com recursos do seu trabalho com limpeza de casas, Viviane mantém cerca de 80% das despesas mensais. Os outros 20%, vêm de doações. O problema é que as doações, que já não eram muitas, diminuíram com a pandemia do coronavírus, o que tem preocupado a responsável pelo local.  “As pessoas têm medo de doar diante das incertezas econômicas causadas pela pandemia. Ela estão pensando no futuro”, disse Viviane ao jornal Achei USA.

Viviane contabiliza que as despesas com o abrigo ultrapassam $5 mil dólares por mês. “As dificuldades são enormes. Temos que pagar aluguel, temos uma funcionária, comida, medicamentos, internações, castrações. Somente com ração temos uma despesa de $870”, disse.

Em vez do cafezinho, doe

Uma das soluções encontrada pela proprietária foi criar uma campanha para incentivar as pessoas a doarem não somente dinheiro, mas ração, brinquedos, papel toalha, produtos de limpeza. Além, claro, de promover a adoção dos gatos. “Muitos querem ajudar, mas falta chegar e fazer. Ajude, então, quem tem coragem de fazer” desabafa Viviane.

A campanha intitulada “Em vez do cafezinho, doe” tem o objetivo de arrecadar pequenas quantidades de dinheiro por pessoa. “Cinco dólares é um café, se cada um ajudar com essa pequena quantidade, eu cuido”. 

As formas de doação podem ser por Pay Pal, Cash App, Zelle , Venmo ou ainda depósito direto na conta da United for Animal Rescue.

Os animais que chegam no abrigo são resgatados de situações de abandono, ou de famílias que não podem mantê-los por questões financeiras ou relacionadas a saúde, como alergia. Atualmente, não há um veterinário que visita o local esporadicamente para consultar os gatos. Por isso o pedido de ajuda também se estende a esses profissionais, bem como groomers, ou pessoas para ajudar na limpeza e organização do abrigo.

Quais os procedimentos para fazer uma adoção? 

– Acesse o site www.unitedforanimalrescue.org  e faça uma aplicação.

– Aguarde um representante do abrigo UFAR fazer uma visita para checar a nova moradia do animal adotado.

– Pague uma taxa de 95 dólares, que inclui vacina, castração, vermifugação e instalação do microchip.

Todas as informações sobre como ajudar podem se obtidas pelo telefone: 954 761 6814

Fonte: Brazilian Times

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.