Vídeo repercutiu negativamente nas redes sociais nos últimos dias | Reprodução/Vídeo

Brincadeira envolvendo suposto cachorro atropelado causa revolta em Salinópolis, PA

Um suposto atropelamento de um cachorro tem causado revolta nas redes sociais nos últimos dias. O vídeo, que caiu na internet há dois dias, mostra um homem fazendo uma brincadeira envolvendo um animal que teria sido atropelado acidentalmente em uma via pública no município de Salinópolis, nordeste paraense.

“Tu bateu o cachorro?”, questiona o autor da gravação, que é respondido pelo motorista com um tom debochado. Em seguida, a câmera mostra a placa do carro, levemente caída. Ao fundo, é possível ouvir o motorista dizendo: “Vai, garoto! Vai! Faz videozinho! Bate fotozinha aqui”, e continua. “‘Ahhh, o cachorrinho morreu’. Ele passou na minha frente? Morre mesmo, filho da p*. Quebrou a frente do meu carro! Tem que morrer! Cachorro vagabundo. Tem que morrer!”, dispara.

REPERCUSSÃO

No início da semana, o vídeo foi publicado por um morador do município e imediatamente tomou grande proporção. O homem da gravação usa o perfil das redes sociais para desmentir o atropelamento e garante que tudo não passou de uma brincadeira para um grupo particular em um aplicativo de mensagens instantâneas.

Homem que aparece no vídeo usa as redes sociais para explicar o que aconteceu. Reprodução Facebook
Homem que aparece no vídeo usa as redes sociais para explicar o que aconteceu. Reprodução Facebook

“Foi uma brincadeira para o meu grupo, gravado há mais de um ano. Quem sabe da verdade, sabe que eu não atropelei nenhum cachorro até porque eu jamais faria mal algum a um animal até porque crio dois. Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de animais e sabe que não sou uma má pessoa e nenhum babaca como estão comentando”, afirma na publicação.

A justificativa, no entanto, dividiu opiniões. Enquanto amigos do autor do vídeo defendiam a história de que era um vídeo antigo e que nenhum animal foi atropelado, outras pessoas criticaram a “brincadeira”, alegando existir um incentivo de maus-tratos aos animais.

Assista ao vídeo CLICANDO AQUI.

Fonte: Diário Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.