Cabrito deficiente foi rejeitado por sua mãe e deixado para morrer, mas sua vontade de viver o colocou no melhor lugar de todos os tempos!

Cabrito deficiente foi rejeitado por sua mãe e deixado para morrer, mas sua vontade de viver o colocou no melhor lugar de todos os tempos!

Uma vez que um animal passa pelo portão do Farm Sanctuary, sua vida muda para sempre. Este foi o caso de um pequeno cabrito negro chamado Rufio.

Rufio nasceu desabilitado em uma fazenda de cabras administrada por uma família. Sua mãe o rejeitou e não o deixava mamar, o que o privou do colostro que aumenta a imunidade de uma cabra. A princípio, os proprietários da fazenda nem perceberam que Rufio existia. Desde que sua mãe o rejeitou, ele ficou sozinho, enquanto a mãe continuava amamentando seu irmão. Felizmente, os fazendeiros encontraram Rufio no dia seguinte deitado em um campo por onde ele havia andado sozinho. Ficou claro que o garoto não tinha muito tempo de vida. Os fazendeiros o trouxeram para sua casa, para que ele estivesse a salvo dos predadores e o colocaram na banheira, acreditando que ele não sobreviveria por muito mais tempo.

Rufio, no entanto, tinha planos diferentes. Uma vez que ele estava dentro da casa quente e pacífica, ele começou a vocalizar e continuou tentando se movimentar. Os agricultores ficaram chocados com a sua vontade de viver. Eles decidiram alimentá-lo com substituto do leite e a filha jovem começou a cuidar do cabrito. Ela cuidou das necessidades dele e tentou recuperar sua saúde pelas próximas sete semanas.

O pequeno cabrito ficou mais forte e começou a se arrastar pelas patas dianteiras, já que ele não conseguia mover as patas traseiras. A família percebeu que esse pequeno determinado merecia uma chance de viver, e procurou o Farm Sanctuary, cuja equipe recebeu Rufio em seu abrigo no Sul da Califórnia.

No santuário, a equipe descobriu que Rufio não estava paralisado, ele ainda tinha respostas nervosas em sua pata traseira direita. Rufio passou por vários testes e exames.

Verificou-se também que ele tinha escoliose moderada a grave e cifose leve, que é um arredondamento da coluna vertebral. Agora, ele passa por fisioterapia e recebeu um presente maravilhoso, um carrinho de rodas que permite que ele se mova com muito mais facilidade!

Fotos: Farm Sanctuary

Parecia que as chances estavam contra Rufio desde o início de sua vida, mas, graças à ajuda da família que lhe deu uma segunda chance e aos inestimáveis ​​esforços e cuidados da equipe do santuário, ele agora está se saindo melhor do que ninguém teria esperado. Tudo o que foi preciso foi um pouco de simpatia, para movê-lo para um lugar onde ele agora vai crescer para ser feliz e respeitado como um ser vivo.

Para saber mais sobre o Farm Sanctuary e apoiar seu trabalho, clique aqui.

Por Aleksandra Pajda / Tradução de Maria Leticia Guerra Machado Coelho

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.