Cabritos desnutridos são salvos e mãe cabra acompanha tratamento em clínica em SP

Cabritos desnutridos são salvos e mãe cabra acompanha tratamento em clínica em SP
Filhotes desnutridos foram salvos pela equipe do Canil Municipal de Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Dois cabritos, de três semanas de vida, foram salvos pela equipe do Canil Municipal de Guarujá, no litoral de São Paulo, informou o órgão nesta quinta-feira (30). De acordo com a equipe da prefeitura, a cabra, mãe dos filhotes, que não conseguia amamentá-los por estar com o leite empedrado, não deixou que a tirasse de perto durante o atendimento.

“É a primeira vez que realizamos um atendimento como esse, ficamos felizes em conseguir ajudá-los e ver que eles estão melhorando. São muito fofos. E a mãe mostrou que o amor materno prevalece em todas as espécies”, comenta a médica veterinária Clarisse Ferreira, de 44 anos, que atendeu a família de cabras.

VÍDEO: Cabra ficou todo o tempo acompanhando o atendimento ao filhote em Guarujá, SP

O feirante Júlio Cabral Tavares, de 44 anos, é o dono dos animais. Ele conta que percebeu que os cabritos estavam fracos, e por morar perto do Canil do Guarujá, resolveu pedir ajuda.

“Tenho a Angélica [nome da mãe cabra] há um ano, os dois filhotes são machos e nasceram há pouco tempo. Percebi que eles estavam mal e levei correndo para o canil, eles me atenderam muito bem e estão me ajudando em manter todos os cuidados”, afirma.

Angélica, nome da cabra que é mãe dos cabritos, não deixou que ninguém a tirasse de perto dos filhotes durante o atendimento — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá
Angélica, nome da cabra que é mãe dos cabritos, não deixou que ninguém a tirasse de perto dos filhotes durante o atendimento — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

A veterinária Clarisse explica que os animais estavam desnutridos e debilitados, por isso, assegurou a hidratação com soro, glicose e alimentação realizada manualmente, por meio de mamadeiras. Segundo a médica, o atendimento dos filhotes era emergencial, já que, com a falta de alimentação, eles estavam com hipoglicemia e poderiam perder a vida.

“Quando filhotes, a única fonte de alimentação é o leite. Eles precisam dos nutrientes para um desenvolvimento saudável”, afirma. De acordo com a especialista, o empedramento de leite é um problema comum entre as cabras, por conta da rejeição à amamentação. E afeta não somente os filhotes, mas a mãe cabra também sofre com dores e tem infecções.

Animais foram alimentados manualmente pelos veterinários no Canil de Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá
Animais foram alimentados manualmente pelos veterinários no Canil de Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

“Realizamos massagens para desempedrar o leite e recomendamos que os donos dos animais prosseguissem com as ações em casa”, explica. Os animais vivem em uma chácara, mas, para facilitar o acompanhamento e tratamento, estão temporariamente na residência dos donos, no bairro Jardim Conceiçãozinha. A equipe da veterinária acompanha o caso.

O tutor dos animais acredita na recuperação deles. “Estava muito preocupado, mas eles estão melhorando aos poucos. Um deles está mais fraquinho, mas a doutora Clarisse me liga direto para ter notícias e continua com o tratamento de soro e glicose nele. Temos esperança de que logo eles estarão bem”, finaliza o tutor, Júlio Cabral.

Júlio levou a cabra e os filhotes junto com sua família até o canil e eles ficaram felizes com o atendimento aos cabritos — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá
Júlio levou a cabra e os filhotes junto com sua família até o canil e eles ficaram felizes com o atendimento aos cabritos — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Por Isabella Lima, G1 Santos

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.