Caçador é preso com tatus e um tamanduá no sul do Piauí

Caçador é preso com tatus e um tamanduá no sul do Piauí
8 tatus e um tamanduá-mirim. Foto: Polícia Ambiental

Um caçador foi preso com oito tatus e um tamanduá-mirim durante ronda ostensiva da Companhia de Polícia Ambiental no território do Parque Nacional da Serra da Capivara, nesse final de semana, em João Costa, Sul do Piauí. 

Segundo a polícia, foram ouvidos latidos dos cachorros e a partir daí os seguiram no sentido de localizar e prender caçadores que insistem em praticar crimes no território.

Conforme o capitão Odair, a equipe ouviu os movimentos dos caçadores, que usavam lanternas.

“Ficamos observando para saber onde eles poderiam sair na estrada, logo podemos observar através de luz das lanternas que os mesmos seguiam paralelo a estrada para sair adiante, com isso seguimos até mais próximo do local onde sairiam, ficamos na espreita e logo dois deles atravessaram a estrada correndo um pouco adiante. Nos aproximamos mais e abordamos os dois últimos que saiam da mata, um desses voltou correndo, prendemos um, os outros dois que saíram primeiro também fugiram, porém o capturado foi conduzido à Companhia de Polícia Ambiental para a lavratura do procedimento legal”, informou.

Companhia de Polícia Ambiental no território do Parque Nacional da Serra da Capivara.
Foto: Polícia Ambiental

Os tatus apreendidos foram soltos pela Polícia Ambiental na localidade Serra Vermelha, em São Raimundo Nonato/PI.

Veja o vídeo:

Fonte: Pensar Piauí

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.