Caçador é preso por maus-tratos a cães e posse ilegal de munição em São Gabriel, RS

Caçador é preso por maus-tratos a cães e posse ilegal de munição em São Gabriel, RS
Sete cães foram encontrados presos em uma pequena gaiola. Foto: Brigada Militar

Policiais do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (2ºBABM), prenderam em flagrante no sábado (1), um homem que não teve a idade e identidade divulgadas, por maus-tratos a animais e posse ilegal de munição na localidade de Passo das Mercedes, interior de São Gabriel.

De acordo com a ocorrência, os policiais realizavam patrulhamento de rotina pela região, quando visualizaram um automóvel vindo no sentido contrário da estrada, que ao perceber a presença da viatura, parou e dois homens desceram e fugiram em direção a um mato. Um terceiro suspeito, que dirigia o veículo ficou no local e foi detido.

Os policiais realizaram buscas aos suspeitos que fugiram, não sendo possível localizá-los. Durante a fuga, um dos homens que portava uma arma longa, abandonou algumas gandolas camufladas. Aos policiais, o condutor do veículo disse que estava caçando com dois amigos e que um deles estava com uma espingarda calibre 28.

Foto: Brigada Militar
Foto: Brigada Militar

Em revista veicular foram encontrados um cartucho calibre 28 deflagrado e quatro intactos, dois rádios comunicadores, uma capa de arma, e um reboque onde estavam sete cães de porte grande, presos em uma gaiola pequena, com uma corda no pescoço, em meio a fezes, urina, sem água e comida.

Os policiais solicitaram laudo médico veterinário, carteira de vacina e colete de proteção, os quais não foram apresentados. Os animais foram encaminhados para consulta veterinária, a qual a profissional atestou maus-tratos e ficou de fiel depositária dos animais.

O homem foi conduzido à Delegacia de Polícia onde foi autuado em flagrante, e após, encaminhado ao Presídio Estadual de São Gabriel.

O material encontrado com o suspeito foi apreendido e ficará à disposição da justiça. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Por Rafel Menezes

Fonte: Bei

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.