Caçadores matam a tiros cinco cães e arrancam olho de cavalo por serem proibidos de caçar em suas terras

Caçadores matam a tiros cinco cães e arrancam olho de cavalo por serem proibidos de caçar em suas terras
Foto: Daily Mail / Twitter

Um terrível caso de violência animal chocou o mundo inteiro. Um grupo de caçadores matou cinco cães e arrancou o olho de um cavalo depois que a proprietária de uma fazenda os proibiu de caçar em suas terras, na província de Granada, conforme informou o jornal Daily Mail.

Illona Mitchell é moradora de uma casa de campo em Sierra de Baza desde 2004. A propriedade conta com 173 hectares de terreno e ela sempre havia permitido a entrada dos caçadores em suas terras para caçar faisões, cervos, javalis, coelhos, entre outras espécies. Entretanto, tudo mudou quando em maio de 2016 Illona decidiu criar um refúgio para animais dentro de sua propriedade e resolveu proibir a caça. A partir daí, ela e sua filha sofreram todos os tipos de intimidações e ameaças.

Seus cães, que haviam sido adotados, infelizmente acabaram sendo assassinados por estes caçadores no último dia 7 de janeiro. Mitchell encontrou Dizzy, Coco, Maisie e Domingo com tiros na cabeça e Jack com um tiro na boca. Inclusive, há um sexto cão desaparecido. Como se não bastasse, um dos dez cavalos também sofreu maus-tratos e teve seu olho direito gravemente ferido.

Illona quer que se faça justiça e que as pessoas se conscientizem sobre este terrível massacre que deixou a todos perplexos.

Por R. González / Tradução de Flavia Luchetti

Fonte: La Verdad Es

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.