Cachorra com três patas abandonada tentou conquistar sua própria família acampando em uma caixa de papelão – agora ela está a caminho de um verdadeiro lar

Cachorra com três patas abandonada tentou conquistar sua própria família acampando em uma caixa de papelão – agora ela está a caminho de um verdadeiro lar

Quando pessoas de bom coração se juntam por uma causa em comum, não há limites para a boa ação que pode ser feita. Esta tocante história do resgate de uma pequena  chihuahua de três patas abandonada no sul da Califórnia prova justamente isso. Duas incríveis organizações de resgate, Hope for Paws e Smooch Pooch Dog Rescue, juntaram forças para salvar a vida desta pequena garota que eles batizaram de Princess.

Sozinha no mundo e desesperada por amor e carinho, Princess tentou adotar sua própria família ao acampar em seu jardim em uma velha caixa de papelão. Apesar de esses estranhos serem gentis o suficiente para alimentá-la, Princess precisava de muito mais para ficar segura. Felizmente para ela, a equipe do Hope for Paws entrou em ação para ajudar. Enquanto eles colocavam uma guia ao redor do seu delicado pescoço, havia um brilho distinto de esperança em seus olhos. Ela sabia que a vida nas ruas estava prestes a acabar para sempre. De volta ao centro da Hope for Paws, Princess tomou um banho e agora está pronta para encontrar seu reino para sempre. Ela atualmente está disponível para adoção através da Smooch Pooch Dog Rescue.

Centros de resgates como Smooch Pooch e Hope for Paws fazem o nobre trabalho que muitos outros ignoram. Eles salvam os animais mais destituídos e necessitados, aqueles que são abandonados, no topo da lista para serem eutanasiados em abrigos, e aqueles necessitados de sérios cuidados médicos. Entretanto, eles não podem fazer isso sozinhos. Se você está interessado em adotar Princess ou doar para a causa, confira o website do Smooch Pooch Dog Rescue para ver como você pode se envolver.

Por Natasha Brooks / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: One Green Planet 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.