Após ser atingida na cabeça por golpes de facão, cadela sobreviveu após realizar cirurgia durante a tarde - Divulgação: ONG SOS Bichos

Cachorra é alvo de golpes de facão no Bico do Arado, em Candelária, RS

Um caso de maus-tratos contra uma cadela publicada no final da manhã desta terça, 25, pela ONG S.O.S Bichos em sua página na rede social Facebook vem gerando uma onda de comentários revoltados com tamanha barbárie contra o animal.

De acordo com a organização protetora dos animais, a entidade e o Corpo de Bombeiros Voluntários foram chamados até a esquina da rua Borges de Medeiros com a rua Botucaraí, no local conhecido como Bico do Arado, após receber denúncias de que um homem havia agredido uma cachorrinha com golpes de facão. Ao chegarem no local encontraram o animal ferido na cabeça em decorrência dos golpes. A cadela foi socorrida com vida e encaminhada para a clínica veterinária Animedic para atendimento médico.Durante a tarde, o animal passou por cirurgia para reconstrução do local atingido, sendo após encaminhada aos cuidados de uma das voluntárias no pós-operatório. Conforme a Ong, o animal ficará aos cuidados da entidade por tempo indeterminado.

O suposto autor das agressões já foi identificado, mas atendendo a pedido da ONG, não terá seu nome revelado. A tutora da cachorra também foi localizada e chegou a ser orientada pela entidade para realizar o boletim de ocorrência, porém, ela preferiu não realizar o procedimento. Diante da negativa da tutora, a própria ONG S.O.S Bichos está providenciando o boletim de ocorrência a ser realizado na Polícia Civil para dar início as investigações sobre o caso. Mais informações na versão impressa da Folha na próxima sexta, 28 de setembro.

Fonte: Folha de Candelária

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.