Cachorra é esfaqueada e morre após invadir galinheiro do vizinho em Gaspar, SC

Cachorra é esfaqueada e morre após invadir galinheiro do vizinho em Gaspar, SC
Animal levou três golpes de facão e teve a coluna quebrada(Foto: Agapa, Divulgação)

Uma cachorra morreu após ser atacada com golpes de facão em Gaspar, no Médio Vale do Itajaí. Uma testemunha das agressões chegou a prestar socorro, mas o animal precisou ser sacrificado por causa da gravidade dos ferimentos. A Polícia Civil informou a abertura de inquérito para apurar os fatos. 

De acordo com o presidente da Associação Gasparense de Amparo e Proteção dos Animais (Agapa), Rafael Araújo de Freitas, a cadela invadiu o galinheiro de uma casa no bairro Sete de Setembro na noite de terça-feira (8). Ao perceber a invasão, o dono das aves pegou um facão e deu três golpes no animal. 

Após a agressão, ele ainda teria jogado a cachorra no mato. 

Um vizinho viu a cena, começou a gravar e foi até a casa do homem questionar a atitude. Na sequência ele acolheu o animal e o levou ao veterinário na manhã desta quarta (9). Como as fraturas eram graves, chegando ao ponto de quebrar a coluna do pet, foi decidido pela eutanásia — ‘sacrifício’, na linguagem popular. 

Segundo testemunhas, o cão tinha tutor e morava na região. As gravações e fotos das lesões provocadas pelo ataque já estão com o delegado de Gaspar, Bruno Fernando.

— Vamos instaurar inquérito policial e apurar o crime de maus-tratos. Crime este que teve uma elevação na pena, que agora é de reclusão de dois a cinco anos. E por causa da morte do animal vai haver uma causa de aumento de um sexto a um terço — explica.

Por Talita Catie

Fonte: NSC Total

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.