O animal foi encontrado nesta quinta-feira (Foto: Arquivo Pessoal)

Cachorra prenha é enforcada na praia da Enseada, em São Sebastião, SP

Uma cachorra prenha foi encontrada enforcada, nesta quinta-feira (21), em uma árvore que fica em um terreno baldio na praia da Enseada, Costa Norte de São Sebastião. A cena revoltou biólogos que faziam pesquisa nas imediações.

Um deles, Manuel Albaladejo, relata que ficou chocado com o que viu. “Como biólogo é uma situação revoltante, cena muito triste”.

Ele espera que as autoridades localizem o responsável pelo ato de crueldade com o animal. “Quero que ele saiba que isso não vai ficar barato e que não continue cometendo essas atrocidades”.

O grupo registrou um Termo Circunstanciado na Delegacia de São Sebastião. O comandante da Polícia Ambiental, tenente Jonas Stanich Conde, informou que a corporação ainda não foi notificada, mas que o policiamento ambiental repudia esse tipo de crueldade aos seres vivos .

“NOS COLOCAMOS À INTEIRA DISPOSIÇÃO PARA TOMAR TODAS AS MEDIDAS PENAIS E ADMINISTRATIVAS QUE COUBEREM CONTRA OS RESPONSÁVEIS DESSES ATOS”.

Penalidade

Segundo ele, este é considerado um crime grave com base no artigo 32 da Lei 9.605/98 que trata de abuso e maus-tratos a animais, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Local onde o corpo da cachorro foi encontrado
A pena é de detenção de três meses a um ano. O responsável pode também receber infração administrativa cuja multa é de R$ 6 mil.

Se alguém tiver informações sobre quem cometeu qualquer ato de abuso ou maus tratos pode entrar em contato com a Polícia Ambiental pelo telefone (12) 3832-6088. O atendimento telefônico é 24h e a denúncia pode ser de forma anônima.

“Infelizmente não foi possível salvar esse animal, porém, essa conscientização pode salvar outros dessa mesma crueldade”, concluiu o tenente Stanich.

Por Mara Cirino

Fonte: Nova Imprensa

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.