Cachorra que perdeu todo seu pelo está completamente irreconhecível agora

Cachorra que perdeu todo seu pelo está completamente irreconhecível agora

Por Caitlin Jill Anders / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Quando a pequena Kooky foi levada a um abrigo na Georgia, nos EUA, ela estava tão doente com sarna que ela não tinha absolutamente mais nenhum pelo.

EUA Georgia kooky 2

Juntamente da sarna, Kooky estava sofrendo de outras infecções de pele secundárias, tornando sua pele inflamada e sangrenta. A cachorra de um ano de idade parecia que não iria sobreviver – até que alguém finalmente a notou.

EUA Georgia kooky 3

O Second Chance Rescue NYC conseguiu retirar Kooky do abrigo e a levou para uma instalação particular perto de seus veterinários parceiros locais, onde ela pudesse receber o tratamento que ela tão desesperadamente precisava. Mas enquanto estava sendo tratada da sarna, ela de repente ficou muito doente e precisou de uma transfusão de sangue.

“Nós suspeitamos que ela tenha comido veneno de rato, já que ela estava procurando por qualquer coisa que pudesse encontrar para comer”, disse Kelecy Kimmerer, do Second Chance Rescue, ao The Dodo.

Ninguém sabe exatamente quando Kooky ingeriu o veneno de rato, mas felizmente eles conseguiram tratá-la a tempo de salvar sua vida.

EUA Georgia kooky 4

Hoje, Kooky está parecendo e se sentindo muito melhor. Apesar de ainda estar se curando do suspeito envenenamento, sua pele voltou ao normal e ela parece completamente diferente daquela cachorra doente e amedrontada de quando foi resgatada.

“Agora que ela desabrochou nesta linda garota, ela está procurando seu final de conto de fadas”, disse Kimmerer.

EUA Georgia kooky 5

Kooky está atualmente no processo de ser transferida para New York, onde ela estará disponível para adoção. Depois de tudo que ela passou, ela merece ter finalmente uma família que a ame até o fim de sua vida.

EUA Georgia kooky 6

Se você estiver interessado em adotar Kooky, você pode entrar em contato com o Second Chance Rescue NYC para saber mais.

Fonte: The Dodo

MAIS NOTICIAS

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.