Cachorrinha adorável intervém para ajudar burro ferido a ficar de pé novamente!

Cachorrinha adorável intervém para ajudar burro ferido a ficar de pé novamente!

Por Aisling Maria Cronin / Tradução de Alda Lima

Quando a maioria de nós se depara com um animal ferido, a primeira coisa que queremos fazer é nos aproximar e ajudá-los. Há uma abundância de santuários surpreendentes e humanos de bom coração por aí, dedicados a garantir que um animal traumatizado receba todo o apoio de que necessita para melhorar. Mas, às vezes, os melhores enfermeiros de animais vêm em uma forma não humana!

Este foi o caso de um burro de quatro meses de idade que foi deixado para morrer, com três patas quebradas, após um atropelamento em Fortaleza, Brasil. As coisas estavam parecendo péssimas para este doce bebê até que ele foi descoberto por uma mulher do local chamada Zenith Gurgel. Ela o chamou de “Guerreirinho”, levou-o de volta para sua casa, e começou a alimentá-lo com a mão.

Guerreirinho permanece com uma dor excruciante depois de seu calvário.

Brasil Fortaleza cachorrinha burro ferido

Ele está totalmente desamparado, e ainda incapaz de andar.

Brasil Fortaleza cachorrinha burro ferido2

Felizmente, o bebê burro traumatizado agora tem uma amiga que está determinada a permanecer ao seu lado até que ele fique bem novamente. Um dos cães de Gurgel tem se aconchegado a ele todos os dias numa tentativa de lhe dar algum conforto.

Esta amorosa cadelinha sabe que um amigo necessitado é um amigo verdadeiro.

Brasil Fortaleza cachorrinha burro ferido4

Este par raramente fica separado um do outro.

Brasil Fortaleza cachorrinha burro ferido5

A presença da cachorrinha está ajudando Guerreirinho a lidar com sua dor.

Brasil Fortaleza cachorrinha burro ferido6

Gurgel registrou muitas das cenas reconfortantes entre o par com sua câmera. Desde que as imagens foram originalmente publicadas online, elas viralizaram, ajudando-a a levantar dinheiro suficiente para o tratamento médico de Guerreirinho. Embora este menino valente ainda tenha um longo caminho a percorrer antes que esteja pronto para andar sobre seus cascos novamente, o apoio de suas bem intencionadas ajudantes humana e não humana sem dúvida o ajudará a chegar lá. Boa sorte, Guerreirinho!

Fonte: One Green Planet

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.