Cachorro deixado para morrer no calor se recupera e encontra família perfeita

Cachorro deixado para morrer no calor se recupera e encontra família perfeita
Foto: Reprodução/Facebook

Enquanto viajava pela Cidade do México, um turista encontrou uma montanha de pelos – que logo descobriu ser um cachorro abandonado – debaixo de um carro. O homem correu para ajudá-lo. Não sabiam ao certo há quanto tempo ele estava ali, exposto ao sol, mas o cão mal levantou a cabeça quando eles se aproximaram.

“Quando alguém chegou para resgatá-lo, ele já estava deitado há alguns dias”, escreveu a West Coast Paws Dog Rescue (WCPDR) no Facebook. “Ele estava exausto, magro e cheio de pulgas”.

O cachorro não tinha energia suficiente para cumprimentar seu salvador formalmente, mas estava muito feliz por tê-lo encontrado. Sem perder o ritmo, o homem pegou o filhote e o levou para o abrigo mais próximo. O cão, que mais tarde recebeu o nome de Grey, recebeu alguns fluidos e repouso muito necessários.

Grey logo começou a se sentir melhor e, com a ajuda da WCPDR, logo encontrou a família adotiva perfeita. Mas o resistente filhote teve que atravessar o continente para chegar até eles.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Uma viagem do México ao Canadá

“Ele voou da Cidade do México para Vancouver, onde passou a noite em um lar adotivo”, escreveu a WCPDR. “No dia seguinte, ele voltou ao aeroporto e conheceu sua nova mamãe! Eles passaram uma noite em um hotel e depois voaram juntos para o Yukon.”

O cachorrinho viajou do México para o Canadá em poucos dias e ficou mais do que feliz em se instalar em sua nova casa. Apesar de seu passado traumático, o pet se conectou com sua nova tutora imediatamente.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Já se passaram alguns meses desde seu resgate, e Grey está melhor do que nunca. Sua pelagem, antes suja, agora está brilhante e reluzente novamente. Aos 8 anos de idade, ele está reaprendendo todas as partes alegres de ser um cão. “Sua coisa favorita são os carinhos!” escreveu a nova tutora de Grey. “Ele adora subir no sofá para receber alguns carinhos”.

“O resgate não é perfeito e nem sempre é fácil, mas é uma das coisas mais gratificantes que você pode fazer por um cão que teve uma vida tão difícil quanto a de Grey”, escreveu o WCPDR. “Estamos muito felizes por Grey… por alguém estar disposto a dar uma chance a um cão idoso!”

Fonte: Tribuna de Jundiaí

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.