Cachorro é abandonado em condições precárias em Salvador (BA) e moradores se mobilizam para ajudar; VÍDEO

Cachorro é abandonado em condições precárias em Salvador (BA) e moradores se mobilizam para ajudar; VÍDEO
Fonte: Arquivo Pessoal

Um cachorrinho foi abandonado em condições precárias de saúde na rua Plínio Moscoso, no Jardim Apipema, em Salvador, e vem mobilizando moradores da região, que passaram a buscar ajuda para o animal. O cachorro não confia em humanos, o que dificulta que ele seja levado para alguma clínica veterinária. A suspeita é de que o cão sofria maus-tratos.

Segundo Amanda Vitória, uma moradora da região, o cachorro apareceu há alguns dias na rua. As informações que circulam no bairro é de que ele foi abandonado por uma mulher que reside próximo a localidade que ele se encontra. Nas imagens, dá para perceber que o animal está acuado em um canto e, aparentemente, com o corpo trêmulo. Também dá para notar que as costelas do animal já estão visíveis.

“Ele está em condições deploráveis, é triste de ver. Eu estou arrasada”, disse Amanda, comovida com a situação do animal. A mulher contou ainda que assim como ela, alguns moradores têm levado água e comida para o cachorro, porém, ele não deixa ninguém se aproximar. Alguns materiais como lençol e toalha também já foram levados ao local onde ele se encontra, mas rapidamente passaram a não servir mais por conta das fortes chuvas que vem caindo na capital baiana.

Amanda ainda contou que o cachorro possui fraturas pelo corpo. O animal aparenta estar com as patas quebradas. “Ele anda praticamente se arrastando, as patas de trás quase não se movimentam mais”, informou. “A moça que mora perto do lugar que ele está me contou que ele chora a noite inteira, sofre a noite inteira”, continuou.

Segundo relatos, moradores da região já tentaram entrar em contato com alguns veterinários, mas não obtiveram retorno. Sem saber o que fazer para ajudar o animal, a população recorreu as redes sociais para pedir apoio nessa situação. Interessados em ajudar no caso pode entrar em contato através do número (75) 9227-2874.

Veja vídeos:

Por Milena Ribeiro

Fonte: BNews

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.