Cachorro é acolhido após maus-tratos, mas perde o olho, em Tubarão, SC

Cachorro é acolhido após maus-tratos, mas perde o olho, em Tubarão, SC

Um cachorro foi resgatado por voluntários na manhã do dia 24, após sofrer maus-tratos do próprio dono. O animal foi encaminhado ao hospital veterinário com lesão profunda, perdeu o olho esquerdo e permanece internado.

A Polícia Militar de Tubarão foi acionada na noite do dia 23, através de uma denúncia anônima. Ao chegar ao local, no bairro São Martinho, o cão estava amarrado em uma corrente curta no pátio, em más condições. Os policiais, então, acionaram a rede de voluntários “Markinhos Eu”, uma vez que não tinham um lugar para levar o animal.

Na casa, além de machucado, o cão estava sem comida, e a água do pote estava podre. Nervos, ligamentos e até parte da calota craniana já estavam prejudicados pela infecção. No hospital veterinário Aus Pets, o cão foi tratado de desnutrição e outros problemas de saúde.

“Era uma situação flagrante de maus-tratos. Nosso grupo de voluntários entrou e resgatou o animal. A comida estava estragada, a água do pote estava podre, e o animal estava cheio de bichos e com ferimentos no olho e na cabeça. De acordo com veterinários, o animal já estava com os machucados há 15 dias”, explica o aposentado Marcos Roberto Melo.

O voluntário pretende entrar com uma denúncia no Ministério Público de Tubarão. Segundo Marcos, o tutor do cão estava em casa e não quis atender a equipe de voluntários.

Segundo Marcos, esse foi um dos casos mais extremos que já presenciou. “Foi um dos piores casos que já vi, é cada caso de arrepiar. Tem muita gente má, que não entende que o cachorro sente a mesma dor que a gente. A gente tem esperança de ele se salvar, e já tem um adotante. Ele vai ter uma segunda chance, renasceu no Natal”, ressalta.

Fonte: Diário do Sul

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.