Cachorro morre após levar suposto tiro de calibre 22 em Votuporanga, SP

Cachorro morre após levar suposto tiro de calibre 22 em Votuporanga, SP
Foto: Reprodução Internet

Segundo Chandelly, não há nenhum suspeito e nem registro de B.O. Cãozinho já foi enterrado.

Na manhã desta sexta-feira (2), um morador do Jardim Noroeste acordou desesperado ao se deparar com o seu cachorro morto no quintal de sua casa. Imediatamente, ele chamou um dos protetores, Matheus Marconi Ferra, que foi verificar a situação.

Mexendo no corpo do animal, foi encontrado um furo na parte de trás, que supostamente seria de um tiro de revólver de calibre 22.

De acordo com o vice-presidente da Sociedade dos Protetores dos Animais de Votuporanga (Spavo), Leonardo Brigagão, mais conhecido como “Chandelly”, o veterinário que viu a foto reforçou a tese é que o cachorro poderia realmente ter levado o tiro, já que o furo entra de um lado e sai de outro.

Matheus Marconi olhou todo o quintal da casa e chegou a conclusão de que o crime ocorreu pelas ruas. Ou seja, quando o cãozinho tomou o tiro foi para a casa, onde morreu.

De acordo com Chandelly, não há nenhum suspeito e nem mesmo um boletim de ocorrência foi registrado. “O cachorro já foi enterrado, mas o correto seria ter levado ao veterinário para constatar em laudo o motivo da morte e, consequentemente, a realização do boletim de ocorrência”, conclui.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.