Cachorro pit bull morre após ficar 14 anos preso em cômodo de casa em Campo Grande, MS

Um cachorro pit bull morreu na manhã desta quinta-feira (17), após ser resgatados por ativistas na noite desta quarta-feira (16), na Rua Pedro Celestino no Bairro São Francisco em Campo Grande. Vizinhos disseram que o animal ficou preso no cômodo por aproximadamente 14 anos. Simona Zaim, uma das voluntárias, disse à reportagem que foram ao local após denúncias.

De acordo com Simona, o cão já não andava mais e o local onde foi encontrado estava com um forte mau cheiro. Após muita insistência, a proprietária saiu para ver quem batia palmas e depois de conversar com as ativistas de proteção a animais, resolveu entregar o pit bull. “Ciro”, como era chamado foi levado para atendimento veterinário, porém não resistiu e morreu na manhã de ontem.

Há aproximadamente três meses foi que os vizinhos começaram a escutar o choro de Ciro. A desculpa dada pelos moradores em um jogo em empurra-empurra era a de que, ou dona da casa estava sempre viajando, ou o proprietário sempre estava em um bar.

“Os vizinhos estavam revoltados, disseram que ele chorava muito, ele estava apodrecendo por dentro”, disse Simona. A responsável pelo animal disse que o cachorro que era do filho, inclusive chegou a participar de concursos e desfiles quando mais novo e pelo fato de ser dócil.

O caso será investigado pela Decat (Delegacia Especializada de Repressão à Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista).

Fonte: Aquidauana News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.