Cachorro que levou facada em Sinop (MT) ainda corre risco de morte, diz APAMS

Cachorro que levou facada em Sinop (MT) ainda corre risco de morte, diz APAMS
Foto: Só Notícias/arquivo

A Associação Protetora dos Animais do Município de Sinop informou, há pouco, ao Só Notícias, que continua delicado o estado do vira-lata, que recebeu nome de Balu, esfaqueado no bairro Violetas, no final do mês passado. O cão passou por cirurgia, teve o baço retirado, mas seu quadro clínico é considerado grave com risco de morte.

O animal está em isolamento, sob observação e se alimentando de líquido. Ele teve as vísceras expostas e tem risco de infecção. O homem que feriu o cachorro procurou à delegacia e contou que uma pessoa chegou em seu trabalho e o vira-lata estava sem coleira. Ele teria atacado um cachorro de menor porte que estava no local.

Com isso, seus filhos de 6 e 13 anos, tentaram ajudar o cachorro, mas o vira-lata avançou nas crianças. Para protegê-la, acabou ferindo o animal.

Houve mudança na lei dos maus tratos e a prática de abuso, maus-tratos, ferimento ou mutilação a cães e gatos pode ser punida com pena de reclusão, de dois a cinco anos (antes era de três meses a um ano), além de multa.

Por David Murba 

Fonte: Só Notícias 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.