Cachorro que pulou muro e cruzou com cadela no cio é castrado com facão e sem anestesia em Caruaru, PE

Cachorro que pulou muro e cruzou com cadela no cio é castrado com facão e sem anestesia em Caruaru, PE

Um cão foi castrado na tarde desta sexta-feira (25), no Sítio Campo Novo de Cima, as margens da BR 232, na zona rural de Caruaru e vendo o animal sofrendo muito e perdendo sangue, moradores da comunidade comunicaram o caso aos membros do GAEDA – Grupo de Apoio Especial em Defesa dos Animais, que foram ao local e após constatarem a veracidade do fato acionaram a Polícia Militar que prendeu, Josenildo José da Silva, de 23 anos, que mesmo sem ser veterinário e sem usar qualquer medicação castrou o cãozinho.

A tutora do animal disse que o seu cachorro é criado preso no quintal e hoje pulou o muro e se acasalou com a cadela do suspeito que está no cio e como ele não gostou pegou uma faca-peixeira e castrou o cão, nisso o animal perdeu muito sangue e mesmo ferido voltou pra casa e vendo o animal gravemente ferido os vizinhos se revoltaram, o filho da tutora do cão procurou o acusado e ele além de confessar que teria castrado o animal ainda disse ao rapaz que se ele tivesse achando ruim tivesse cuidado para não castrá-lo também.

Ao ser apresentado no plantão policial o Josenildo foi processado por maus tratos contra os animais e ameaça, foi ouvido e depois foi liberado, mas foi lavrado um TCO contra ele que aguardará o chamado da justiça.

Fonte: Jornal de Caruaru 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.