Cachorro sofre amputação após agressão em cidade do Agreste de Alagoas

Cachorro sofre amputação após agressão em cidade do Agreste de Alagoas

Nem mesmo a criminalização de agressões a cães e gatos, que foi aprovada no Senado Federal, parece preocupar os agressores em Alagoas. Ontem, um cão foi agredido e teve uma das patas amputadas após uma agressão na cidade de Luziápolis, em Campo Alegre. A agressão ocorreu nesta segunda, 23.

A tutora do animal, uma jovem de 22 anos, disse que o principal suspeito do crime é o seu vizinho, que não teve a identidade divulgada. A jovem disse que o cão se encontra em estado crítico e ainda corre risco de morte. Ainda não se sabe o que teria levado o suspeito à agressão.

O caso deverá ser denunciado hoje (25) à polícia judiciária.

O Projeto de Lei Complementar 39/2015 enquadra criminalmente as condutas de matar, omitir socorro, abandonar, promover lutas e expor a perigo a vida, a saúde ou a integridade física de cães e gatos. Prevê ainda aumento de pena quando o crime for praticado com uso de veneno, fogo, asfixia, mediante reunião de mais de duas pessoas ou ainda quando acarretar a debilidade permanente no animal.

Por Cláudia Galvão 

 Fonte: Alagoas 24 Horas 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.