Cachorro sofrendo maus-tratos é resgatado pela PM e levado para Dibea, em Florianópolis, SC

Cachorro sofrendo maus-tratos é resgatado pela PM e levado para Dibea, em Florianópolis, SC
Foto/divulgação: Arquivo PMF

Na manhã desta segunda-feira, 16 de junho, a Polícia Militar, em operação no Morro do Mocotó, encontrou um cachorro sendo mantido em situação de maus-tratos pelo tutor, que foi preso pela PM pelo crime. O animal, uma fêmea da raça chow-chow, foi levada pelos policiais até a Diretoria de Bem-estar Animal da Prefeitura de Florianópolis (Dibea), que realizou os primeiros exames e irá fazer o acolhimento até que ela possa ser adotada.

Nos exames, a equipe veterinária da Dibea constatou que a cachorrinha está desnutrida e com problemas de pele devido à negligência do tutor. Exames de Sangue foram coletados para verificar se o animal tem outras alterações ou doenças.

Após o tratamento para cuidar da saúde da nova integrante da Dibea, ela estará disponível para adoção por tutores responsáveis e comprometidos com o bem-estar do animal. A Dibea informa que também aceita voluntários que estejam disponíveis para realizarem lar temporário.

A Dibea faz um apelo para que a população se sensibilize e pratique a adoção responsável ao decidir levar um animalzinho para a casa. Dessa forma, ao adotar um pet, mais espaço é liberado para que o órgão possa realizar ainda mais resgates de animais abandonados ou vítimas de maus-tratos. Neste momento, 176 animais aguardam adoção no local.

O processo de adoção é totalmente presencial e restrito para moradores de Florianópolis, por se tratar de um órgão municipal. Interessados podem visitar a Dibea de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na SC-401, nº 114 – Itacorubi.

Fonte: Prefeitura Municipal de Londrina via Defesa

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.