Cachorro tem focinho e patas amarrados com arame e é espancado até a morte em Ceilândia, DF

Cachorro tem focinho e patas amarrados com arame e é espancado até a morte em Ceilândia, DF
Praticar maus-tratos a animais é crime e polícia está investigando (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um caso de maus-tratos a animais ocorrido em Ceilândia. Vizinhos relatam terem ouvido latidos de um cachorro e, ao sair à rua, viram um homem jogando o animal, aparentemente morto, no meio da via pública. Indagado sobre o fato, ele teria respondido que não havia outro lugar para deixar o cão. 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, registrado na 15ª Delegacia de Polícia, nesta segunda-feira (13/7) pela advogada da ONG Projeto Adoção São Francisco, Ana Paula Vasconcelos, o fato ocorreu na QNM 4 de Ceilândia. Um vizinho teria contratado uma pessoa para retirar o animal morto da rua. A delegacia investiga o caso. 

“Quem maltrata um animal é um criminoso em potencial e um risco para a sociedade, pois fará isso com qualquer outro ser vivo”, afirmou Vasconcelos. Ela detalhou que o cachorro teve focinho e as patas amarrados com arame e foi brutalmente espancado até a morte. 

Fonte: Correio Braziliense

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.