Cachorros idosos não são adotados em novo evento da Coordenadoria de Bem Estar Animal de Ribeirão Preto, SP

Cachorros idosos não são adotados em novo evento da Coordenadoria de Bem Estar Animal de Ribeirão Preto, SP
Chilton (Fotos: Roberto Galhardo / A Cidade)

Este sábado (24) foi dia de Feira de Adoção na Coordenadoria de Bem Estar Animal. 50 cães e 6 gatos aguardaram os visitantes das 9h às 14h30. A espera por uma família ainda é um drama vivenciado pelos animais da Coordenadoria.

Mesmo nesta caminhada, ainda há tempo para encontrar amigos. É o caso de Chiton e Brigadeiro. Os dois cachorros convivem juntos com os outros cães, mas estão na Coordenadoria há três anos, esperando um lar.

Chiton chegou em Março de 2015 na Coordenadoria e foi encontrado no Jardim Marquesi, zona Oeste da cidade. O cachorro teria se envolvido em uma briga com outro animal, resultando em um corte no pescoço e bicheira, conhecida como miíase.

Já Brigadeiro, é mais velho que Chiton, e tem aproximadamente 10 anos de idade. O cachorro idoso foi encontrado doente no Jardim Porto Seguro e, por ser um cachorro mais velho, as esperanças na adoção diminuem.

“Eu acho que eles não despertam muito interesse por serem animais mais idosos e não deveria ser assim. As pessoas poderiam dar mais oportunidades aos animais mais velhos”, disse Gislene Sumaire, do Controle de Combate as Endemias, da Coordenadoria.

A convivência dos dois cachorros é tranquila com os outros animais. “O Brigadeiro tem até os pelinhos brancos. Os dois têm uma convivência boa e estão sempre juntos”, afirmou.

Pedalada

Sobrevivente a uma cinomose, Pedalada, conhecido como Bim, está na Coordenadoria desde 2016. Foi encontrado debilitado no Parque dos Pinos e chegou bem jovem. “O veterinário fez o tratamento adequado e ele reagiu bem”.

O nome Pedalada também foi escolhido para o cão, que está há sete meses na Coordenadoria, por causa de uma sequela provocada pela doença. O cão tem as patas traseiras trêmulas.

“Ele fica o tempo todo mexendo com a perna, como se estivesse pedalando”, disse Gislene. “Ele brinca com todos os outros cachorros e é muito obediente e independente. O Pedalada é muito ativo”.

Feira

Pelo menos 40 pessoas passaram pela Coordenadoria entre manhã e tarde deste sábado (24). “As pessoas que se interessaram realmente pelos animais, vão voltar durante a semana”, disse. Quem viveu um novo capítulo foi uma cadelinha chamada Pinta. Ela chegou em 2015 e foi a última dos seus irmãos a ser adotada.

Serviço

Quem se interessar em adotar um cachorro ou gato, pode ir até a Coordenadoria de Bem Estar Animal, de segunda a sexta, das 8h às 10h30 e das 13h às 15h. É necessário que leve comprovante de residência, RG e CPF.

A equipe fará uma entrevista com os interessados para conhecer o perfil dos possíveis responsáveis pelos bichinhos. É indicado que leve uma caixa de transporte para gatos e uma coleira para cachorros.

Martins
Martins
Brigadeiro
Brigadeiro
Pedalada
Pedalada
Pedalada
Pedalada

Por Germano Neto (com supervisão de José Manuel Lourenço)

Fonte: A Cidade ON

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.