Cachorros têm reação alérgica e morrem depois de vacina contra a raiva em Teresina, PI

Cachorros têm reação alérgica e morrem depois de vacina contra a raiva em Teresina, PI
Foto: Reprodução Internet

O Departamento de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Teresina abriu protocolo para investigar a causa da morte de, pelo menos, dois animais que passaram mal após receberem vacinação contra a raiva na capital, nesse sábado (03/12).

Um dos animais, foi um cachorro da raça Rottweiler que foi vacinado na zona sul de Teresina. O animal deu entrada, em estado grave, sufocado e já quase sem respiração, em um pet no bairro Alegria. A equipe que atendeu o cachorro fez de tudo para tentar reanimá-lo, mas não conseguiu.

O outro animal que passou mal e também morreu, não chegou a ser levado para nenhuma clínica. O dono do animal, ficou revoltado e voltou ao posto de vacinação, fazendo ameaças aos profissionais que aplicaram a vacina. O caso teria ocorrido na zona sudeste de Teresina.

O Departamento de Zoonoses pretende saber se as mortes estão relacionadas com as vacinas aplicadas nesse sábado, dia D da campanha de combate a raiva.

Sem querer que seu nome seja revelado, uma técnica que trabalha em um dos postos de vacinação, disse ao Portal AZ, que acredita que os animais [que morreram] deveriam ter algum tipo de alergia a vacina. Garantiu que são casos isolados e que a vacina sempre fica bem armazenada e que não existe nenhum histórico de problemas relacionados no lote da vacina.

Por Walcy Vieira

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.