Cadela abandonada em casa por tutor que se mudou é resgatada pela Polícia Civil em Nossa Senhora do Socorro, SE

Cadela abandonada em casa por tutor que se mudou é resgatada pela Polícia Civil em Nossa Senhora do Socorro, SE
SSP/SE / Reprodução

Uma cadela da raça rottweiler foi resgatada pela Polícia Civil em Nossa Senhora do Socorro, município da Grande Aracaju, na manhã deste sábado (6).

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), ela foi encontrada em uma residência em condições insalubres, sem água nem comida.

O resgate ocorreu após denúncia anônima. De acordo com o denunciante, o tutor do animal se mudou há alguns dias e o deixou sozinho na casa.

A cadela só estava se alimentando com ajuda da vizinhança, que também se queixou do mau cheiro causado pelo acúmulo de fezes e urina no local.

A rottweiler foi encaminhada para a sede da Delegacia de Proteção Animal e Meio Ambiente (Depama), no conjunto Orlando Dantas, em Aracaju, onde já recebeu os primeiros cuidados do médico veterinário.

A SSP/SE informou que um procedimento policial também foi instaurado para responsabilizar criminalmente o tutor do animal abandonado.

Em 2020, foi sancionada a Lei 14.064, que aumentou para 2 a 5 anos de reclusão a pena para o crime de maus-tratos a cães e gatos. A pessoa que pratica esse tipo de crime ainda está sujeita à multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até um terço.

A Polícia Civil reforça que qualquer pessoa pode denunciar crimes de maus-tratos a animais por meio do Disque-Denúncia (181). O sigilo do denunciante é garantido.

A Depama também conta com um número de whatsapp para o recebimento de denúncias: (79) 98819-4576.

Por Ana Luísa Andrade

Fonte: F5 News

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.