Cadela confinada em caixa de madeira é resgatada em Ipojuca, PE

Cadela confinada em caixa de madeira é resgatada em Ipojuca, PE
Foto: Divulgação

Uma cadela submetida a maus-tratos é resgatada por policiais civis da Delegacia de Ipojuca, que prenderam em flagrante seu tutor na última quarta-feira (11).  O homem mantinha o pequeno animal indefeso confinado em uma caixa de madeira fabricada por ele mesmo, junto suas fezes e urina. O suspeito pelos maus tratos declarou que mantinha o animal há meses em tal situação porque não queria que este causasse danos às plantas ou atacasse as suas galinhas. 

Com a chegada dos policiais, a cadela se agitou, tentando desesperadamente sair da caixa. Diante do flagrante, o homem foi preso e conduzido à Delegacia, onde foi autuado em flagrante delito.

Com a recente mudança legislativa, Lei n° 14.064/2020, a pena para quem pratica maus-tratos contra gatos e cachorros passou a ser reclusão de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda do animal. A pena anterior possibilitava que o autor do crime fosse liberado na Delegacia após a lavratura de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A nova legislação inviabiliza, inclusive, a possibilidade do Delegado de Polícia arbitrar fiança em caso de prisão em flagrante, devendo o autor dos fatos ser autuado e apresentado à audiência de custódia.

Fonte: Diário de Pernambuco

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.