Cadela é achada em rua com patas e pescoço amarrados em Manaus, AM

Cadela é achada em rua com patas e pescoço amarrados em Manaus, AM

Animal estava amarrado e coberto por um papelão, em Manaus. Policiais da 25ª Cicom encontraram cadela durante patrulhamento.

Por Ive Rylo

AM Manaus cadela achada amarrada

Uma cadela foi encontrada com as patas dianteiras e pescoço amarrados por uma corda de nylon na madrugada desta terça-feira (12), em Manaus. O animal foi imobilizado e abandonado à beira da rua Itacolomy, que fica no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus. A cadela foi localizada por policiais militares.

Visivelmente maltratada, a cadela estava presa e coberta por um papelão com os movimentos das patas limitados por uma corda. “Ela foi encontrada na beira da pista, amarrada. Não se sabe a quanto tempo a cadela estava lá, passando sede e fome. Deu para perceber que foi só por maldade mesmo”, afirmou o tenente Cândido da 25ª Cicom.

O resgate foi feito pelo soldado Willias Santos e o tenente Caio, por volta das 4h, durante patrulhamento no bairro. Um policial cortou a corda com uma faca, enquanto o outro registrou o momento em que o animal foi liberto.

“Dá para ver pelo vídeo a cara de gratidão dela. Deixar um animal preso com fome e com sede é desumano”, disse.

O tenente informou que não foram identificados os possíveis criadores do animal, e nem o responsável pelo cativeiro. “Numa situação dessas é muito difícil encontrar quem fez isso. Pessoas que não têm coração fazem este tipo de crueldade, maltratam os animais”, explicou.

De acordo com o tenente Cândido, na manhã desta terça-feira (12), uma equipe da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), irá visitar o local onde a cadela foi encontrada, para tentar identificar o tutor.

“No momento do resgate, não tinha como os policiais levarem ao animal. Vamos ver se ela ainda está no local e tentar conseguir um abrigo”, afirmou o tenente.

Abandono

A presidente da Ong Proteção Adoção e Tratamento Animal (Pata), Joana Darc, apontou que recebe diariamente dezenas de denúncias sobre abandono e maus-tratos contra animais.

Casos de espancamento e de animais acorrentados estão entre os mais comuns. “O que sempre falo para as pessoas que denunciam é fazerem o que está ao alcance delas”, disse Joana.

O maltrato é crime previsto na lei federal 9.605. “A gente trabalha conscientizando as pessoas para pararem com os maus-tratos ao animal. É uma vida, protegida por lei”, disse Joana.

Assista ao vídeo clicando aqui.

Fonte: G1

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.