Cadela é morta a pauladas no meio da rua em Mimoso do Sul, ES

Cadela é morta a pauladas no meio da rua em Mimoso do Sul, ES
Cadela deixou 7 filhotes com um mês de vida. Foto: acerto da família

Uma cadela, mãe de sete filhotes, foi morta a pauladas na tarde desta terça-feira (9) no meio da rua no distrito de Santo Antônio de Muqui, em Mimoso do Sul.

O acusado é um morador do distrito. Ele alegou que tomou a medida depois de sumirem galinhas de seu quintal.

O crime foi nesta terça-feira (9) em frente à residência da dona do animal, a dona de casa Ana Paula Pereira Ribeiro, 35, e da filha dela de 9 anos, que desmaiou após ver a cadela ser agredida.

A cadela era de rua e estava na casa havia 25 dias. “Eu a peguei para cuidar, pois ela tinha acabado de ter os filhotes. Chovia e fazia muito frio”, relembrou.

Ana Paula disse que, após 25 dias presa, decidiu soltar a cadela para dar uma volta na rua. “Alguns minutos depois, ele apareceu com o animal. Nem me deixou explicar e já deu uma paulada na cabeça”, relembrou.

A filha da dona de casa estava na varanda e viu a cena. “Minha filha ficou desesperada. Começou a gritar: moço, pelo amor de Deus, não mata. Ela tem sete filhotinhos”, comentou.

Após acertar o primeiro golpe, o homem teria arrastado o animal até a beira do rio, acabou de matar e o jogou na água.

Os filhotes possuem um mês de vida. Para não deixa-los passar fome, a dona de casa comprou leite e mamadeira para alimentá-los. “Vou continuar cuidando deles”, disse.

Ela registrou boletim de ocorrência na manhã desta quarta-feira na Delegacia de Mimoso do Sul.

A Polícia Civil informou que ouviu os tutores dos cães e que o caso está sendo investigado. Segundo a polícia, o autor desse tipo de crime é autuado no Artigo 32 – por maus-tratos aos animais – previsto na Lei de Crimes Ambientais. A pena é de 2 a 5 anos podendo ser aumentada de 1/6 a 1/3.

Fonte: Dia a Dia 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.