Cadela é resgatada em situação precária no bairro Madureira, em Caxias do Sul, RS

Cadela é resgatada em situação precária no bairro Madureira, em Caxias do Sul, RS
Foto: Divulgação

O Instituto Patinhas recebeu, na última semana, uma cadela resgatada de maus-tratos em um apartamento no bairro Madureira, em Caxias do Sul.

A Brigada Militar foi acionada pelos vizinhos após identificarem que a cadela estava há dias sozinha trancada na sacada do apartamento, latindo muito. A sacada não constava com proteção de grande nem mesmo janela, estando o animal sujeito à intempéries climáticas.

Ao chegar no local a guarnição verificou que a chave do veículo dos moradores daquela unidade estava na porta do carro destrancado. Assim, requisitaram auxilio do síndico e vizinhos para ingressarem na residência.

Após o ingresso no local, a guarnição localizou a cadela sozinha trancada na sacada do imóvel, sem tela de proteção e sem água e nem comida. O local estava muito sujo (com muitas fezes e urina), pois há dias o animal encontrava-se sem cuidados.

O Instituto Patinhas foi acionado e realizou o encaminhamento do animal para cuidados veterinários. Foi constatado que a cadela encontrava-se magra e desnutrida, com baixo escore corporal, com febre e presença de pulgas, conforme laudo veterinário.

Conforme Natiele Gomes, presidente do Instituto Patinhas “é necessário que a população se conscientize, que mesmo nos períodos de férias e recesso os animais demandam cuidados, carinho e atenção. Não é possível imaginar que se possa deixar um cachorro em um ambiente aberto, sujeito a frio, calor e chuva, sem comida e água e esperar que ele aguarde o retorno dos tutores de uma viagem. São vidas e merecem e precisam ser preservadas. Infelizmente nesses períodos casos como esse aumentam muito.”.

A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil que instaurou inquérito para apurar eventuais crimes e buscar a responsabilização dos tutores.

O advogado do Instituto Patinhas, Patrick Mezzomo, informa que “o Instituto continuará acompanhando o caso e buscará se reunir com o Ministério Público e o Poder Judiciário para que o caso seja efetivamente apurado e destaca que maus-tratos de cães e gatos constitui crime com pena que pode chegar a 5 anos de reclusão. O Instituto seguirá acompanhando denúncias de maus-tratos e envidará esforços para que a lei seja cumprida em nossa cidade e os animais sejam respeitados”.

A cadela, agora com os cuidados merecidos, encontra-se atualmente em um lar temporário, e posteriormente será encaminhada para adoção consciente de tutores com interesse e disponibilidade para zelarem pelo animal.

Nessa ação o Instituto teve gastos veterinários de mais de R$ 1.000,00 (um mil reais) e agora ainda está arcando com o lar temporário, alimentação e medicação da cadela, necessitando da ajuda da população para continuar a realizar resgates de animais.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Conheça o Instituto Patinhas

O Instituto Patinhas é uma entidade sem fins lucrativos, em que todos os membros da diretoria são voluntários e ajudam os animais sem receberem qualquer valor ou remuneração para isso. Fazemos isso por amor aos animais.

Somos em 4 diretores e vários voluntários que há anos atuamos na causa animal, tendo formalizado a entidade no ano de 2021.

Não temos uma sede física.

Os cães e gatos que resgatamos ficam em lares temporários (LT) que são custeados com as doações que recebemos e venda dos produtos que fazemos, até os animais serem adotados.

Por Pamela Jantsch

Fonte: Leouve

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.