INGLATERRA liverpool cadela rejeitada 01

Cadela ‘mais solitária do mundo’ já foi rejeitada 18 mil vezes

Freya, uma cadela da raça bull terrier deixada para adoção há seis anos, está sendo considerada a “mais solitária do mundo” após ser rejeitada mais de 18 mil vezes.

Descrita como “gentil e amigável”, Freya nunca conseguiu agradar às famílias que a visitaram, e os funcionários do abrigo Freshfields Animal Rescue, de Liverpool, na Inglaterra, dizem não entender o motivo.

“Todos os anos atualizamos a idade dela no nosso site, e é de cortar o coração ver que ela nunca encontrou um lar. Ela é linda, tão amável. Ela é a nossa bebêzona”, disse Kate Jones, de 35 anos, gerente do canil ao jornal britânico Metro.

Para piorar a situação, a cadela foi diagnosticada recentemente com epilepsia e, por isso, precisa realizar exames de sangue a cada três meses.

Na tentativa de ajudar Freya, o abrigo criou um página no Facebook para relatar seu dia a dia. “Vamos [funcionários] ficar felizes de ver Freya arrumar um lar, como todo cão merece. Claro que haverá lágrimas, já que ficamos seis anos com ela, mas serão lágrimas de alegria”, completou.

INGLATERRA liverpool cadela rejeitada 02

Fonte: Rede TV 

Nota do Olhar Animal: As pessoas que compram e a grande parte das pessoas que adotam animais o fazem pensando muito mais no que os bichos podem dar a elas, quando o correto seria pensar no que elas próprias podem dar aos animais. Esta inversão de deveres acaba gerando a rejeição por bichos com problemas de saúde ou esteticamente fora de determinados padrões. As pessoas trazerem um animal para sua convivência poucas vezes têm sido resultado um ato solidário, ainda que, mesmo sem este foco, o ato possa ser benéfico para o animal. 

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.