Cadela resgatada após suspeita de zoofilia passa por cirurgia de retirada de útero em Cuiabá

Cadela resgatada após suspeita de zoofilia passa por cirurgia de retirada de útero em Cuiabá
As fêmeas não retornarão mais ao antigo ambiente e ficarão sob os cuidados do órgão — Foto: Dema - MT

Duas cadelas foram resgatadas durante a Operação Sansão, deflagrada por agentes da Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema), após denúncias de maus-tratos e uma possível prática de zoofilia contra uma delas, em uma casa no bairro Santa Terezinha, em Cuiabá, MT, no último sábado (23). A Polícia Civil está investigando o caso.

Os animais foram retirados do local e encaminhados aos cuidados da Diretoria de Bem-estar Animal da capital.

De acordo com a secretaria, as duas passaram por atendimento veterinário e uma delas precisou passar por uma cirurgia de retirada do útero devido a presença de uma infecção.

Segundo o secretário adjunto da Diretoria Bem-Estar Animal, Ademir Germinaro, as fêmeas não retornarão mais ao antigo ambiente e ficarão sob os cuidados do órgão

Crime de maus-tratos

O crime de maus-tratos de animais domésticos é punido com reclusão de dois a cinco anos, também podendo gerar multa e proibição da guarda do animal.

Além de agressão física, negar assistência veterinária aos pets também configura-se como crime de maus-tratos.

Em caso de morte do animal, a pena poderá ser acrescida de 1/3 a 1/6 e a multa pode variar de um a 40 salários-mínimos, de acordo com a polícia.

A operação

O nome Sansão faz referência ao cachorro da raça pitbull, que teve suas patas traseiras arrancadas por agressores com o uso de um facão em Minas Gerias, em junho de 2020.

Com ajuda de uma prótese desenvolvida em Denver, nos Estados Unidos, e doada por uma associação de proteção animal, o cachorro começou a andar novamente.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.