Cadela resgatada de canil ganha peso e está fora de risco em Campinas, SP

Cadela resgatada de canil ganha peso e está fora de risco em Campinas, SP

Tutor dos 87 animais vai ser ouvido por precatória e nega maus-tratos. Brahma está internada há 10 dias, pesa 9,6 kg e risco de morte foi descartado.

Por: Felipe Albertoni

SP Campinas brahmaok 1 A border collie Brahma resgatada em Campinas (SP) de um canil investigado pela Polícia Civil por maus-tratos está fora de perigo, engordou e deve ficar na clínica onde passa por tratamento. Três ONGs retiraram outros 86 cães do canil Bocainas Border, especializado na raça border collie. Nesta sexta-feira (26) Brahma já pesa 9,6 kg, mas ainda inspira cuidados. O proprietário do canil será ouvido por precatória [depoimento por carta] e seu advogado diz que os animais debilitados foram resgatados por Cândido Coelho, proprietário do canil.

Jéssyka Sena, veterinária que acompanha a border collie Brahma, diz estar esperançosa com a recuperação da cadela. “Ela está melhorando a cada dia, desde segunda-feira até hoje [sexta-feira] ela ganhou 0,5 kg e já pesa 9,6 kg. Ela já está fora de risco, mas ainda está recebendo medicação intravenosa [direto na veia]”, explicou a veterinária que disse ainda que o exame não confirmou a doença do carrapato.

A border collie já conquistou toda a equipe da clínica onde recebe tratamento. “Ela ainda está um pouco arredia, mas já demonstra carinho. Ela se apegou a mim e eu a ela, onde eu vou, ela me segue”, declarou Jéssyka, que espera que Brahma fique na clínica até o fim do processo.

O proprietário do canil investigado será ouvido por precatória, segundo a Polícia Civil, por não residir em Campinas. O advogado explicou que existem dois veterinários que prestam serviço permanentemente na fazenda.

“Eles [veterinários] forneceram pareceres técnicos dizendo que não havia maus-tratos. Estamos com mais de 200 documentos, entre eles, as carteiras de vacinação em dia dos animais”, disse Rides de Paula, advogado de Cândido Coelho, proprietário do canil.

Ao G1, o advogado informou que os animais mais debilitados foram resgatados por seu cliente. “Este cão [Brahma] foi resgatado, inclusive ele recebeu esta indicação destes animais abandonados de um amigo, que vai ser apresentado como testemunha à polícia”.

Inquérito policial

O canil Bocainas Border é investigado por maus-tratos de animais segundo confirmou a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o inquérito será encaminhado à Justiça após o depoimento do proprietário do canil ser anexado. Funcionários do local, representantes das ONGs e a guardas municipais já foram ouvidos pela polícia.

Famílias temporárias

Famílias de Campinas (SP) estão ajudando a cuidar de 40, dos 87 cães resgatados do canil investigado por maus-tratos. Sem esta ajuda, as ONGs não teriam como receber todos os animais.

Fonte: G1

MAIS NOTICIAS

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.