Cadelas são encontradas mortas com perfurações e couro arrancado em Campo Grande, MS

Cadelas são encontradas mortas com perfurações e couro arrancado em Campo Grande, MS
Imagem ilustrativa.

Um morador da Vila Nogueira, região Urbana do Bandeira, em Campo Grande (MS), teve a casa invadida e duas cachorras assassinadas com objeto perfurante entre a noite desta sexta-feira (31) e a madrugada deste sábado (1º). Uma delas, inclusive, teve parte do couro arrancado. Nada foi furtado da casa.

O pintor automotivo explicou que dormiu na casa da sogra e, ao retornar para casa pela manhã deste sábado, encontrou os animais já sem vida no quintal. Segundo relato do morador, os animais haviam sido resgatados por ele há duas semanas, por causa do frio. Antes disso, foram abandonadas na rua havia cerca de 1 mês.

“Eu as vi na rua e não ia deixar passar frio. Pegamos amor e tudo mais. Também já tínhamos comprado as coisinhas delas. Foi uma crueldade o que fizeram”, desabafou.

As fotos são chocantes e reportagem optou por não expor. Ambas cadelas estão com ferimentos de perfuração, os quais o morador acredita que possam ter sido feitos com uma faca, mas uma delas está com o couro das costas e barriga arrancado, bem como parte das costelas e dos órgãos expostos. Na casa, também não há marcas de sangue.

O morador conta que as cadelas estavam no quintal de casa, junto aos outros três cachorros que já eram da família.

“Acredito que pularam o muro para cometer esse crime. Ninguém tentou roubar nada, nem levaram nada de fato. Aqui no meu quintal tem as minhas ferramentas de trabalho, tem um monte de coisa que poderiam ter levado, mas nada”, conta.

O pintor automotivo explica que, nesta manhã, procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol e foi orientado a procurar a Depac Centro. Mas optou por retornar outro dia para registrar o caso.

Ainda, afirma que não desconfia de quem possa ter cometido essa crueldade.

“Nunca tive problema com nenhum vizinho, inclusive, muitos aqui têm cachorros. Eu estava conversando com meu tio e acreditamos que possa ser alguma coisa de ritual ou algo assim”.

Maus-tratos

Maltratar animais é um crime previsto pela Lei 9.605/98, que prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano e multa no caso de maus-tratos. Em 2020, a Lei 14.064 veio para aumentar a pena para esse crime. A partir de agora, quem cometer esse crime será punido com 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda.

Nos casos de maus-tratos que resultem em morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3.

Fonte: Gazeta Rondônia