Cadelinha rejeitada ao nascer é adotada por gata

Cadelinha rejeitada ao nascer é adotada por gata

Caso aconteceu na cidade de Três Pontas, no sul de Minas Gerais.

MG TresPontas adocao

Uma gata contrariou a famosa rivalidade entre cães e felinos e adotou uma cadelinha da raça Rottweiler, que foi rejeitada pela mãe biológica ao nascer. O fato curioso aconteceu em Três Pontas, no sul de Minas Gerais.

A cachorrinha Shakira, que tem apenas 15 dias de vida, é o xodó da gata Mamorta, de 1 ano. A felina, que já tem seis filhotinhos, não poupa demonstrações de carinho por Shakira. A tutora dos animais, Roseli da Cruz Vítor, diz que a adoção foi essencial para a saúde do filhote.

— Por questão de sobrevivência nós resolvemos pegar ela e colocar junto com os gatinhos. A experiência deu super certo.

Os gatinhos estranharam a nova companhia no início, mas foram se acostumando com o tempo. Agora, a cadela já se alimenta do leite da mãe adotiva.

O caso chama a atenção mas, segundo a veterinária Paula Abrão Alvim, a situação é mais comum do que parece.

— Existem animais que possuem mais instinto materno que outros.

Fonte: R7

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.