Cães com orelhas e línguas cortadas são apreendidos em canil e criador é preso em Lafaiete, MG

Cães com orelhas e línguas cortadas são apreendidos em canil e criador é preso em Lafaiete, MG

Um homem foi preso na sexta-feira, 19/07, em Conselheiro Lafaiete por suspeita de maus-tratos a animais. Segundo informações, o homem é proprietário de um canil no bairro São João e já tinha mandado de prisão em aberto desde 2015, por maus-tratos a animais.

Uma ação foi desencadeada após denúncia no Ministério Público que solicitou a Polícia Militar Ambiental e o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) fiscalizassem o canil. Segundo informações, o local os cães estavam em canis sujos com urina e fezes, sem acesso ao sol.

Dois filhotes com orelhas mutiladas foram encontrados no local. Um deles ainda com a orelha cortada, infeccionada e com ponto feito com linha de pesca. O corte de orelhas em cães é proibido no Brasil sendo considerado crime de maus-tratos.

Também foram encontrados animais com pedaço da língua cortada. Um dos animais que não apresentava boas condições de saúde receberá tratamento especializado. Ainda no canil foi encontrado um cão da raça Shitzu com carrapato e problema de pele.

Todos os cães passaram por avaliação de um médico veterinário e foram recolhidos no local. O homem também é suspeito de comercializar animais de raça por mais de R$ 2 mil reais. Ele não tinha registro comercialização de animais. Órgãos de proteção animal de Conselheiro Lafaiete que são referência nacional repudiam qualquer ação de maus-tratos. É recomendado que antes de adquirir um animal, seja verificada a procedência e a forma que são tratados. (Lafaiete Agora)

Fonte: Correio de Minas

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.