Cães da raça spitz alemão são resgatados de canil clandestino em condomínio de São José do Rio Preto, SP

Cães da raça spitz alemão são resgatados de canil clandestino em condomínio de São José do Rio Preto, SP
Diversos filhotes também foram encontrados em Rio Preto — Foto: Fernando Daguano/TV TEM

Onze adultos e sete filhotes da raça spitz alemão foram resgatados de um canil clandestino, em um condomínio de São José do Rio Preto (SP), na manhã desta terça-feira (18).

De acordo com a Diretoria do Bem-Estar Animal (Dibea), os animais estavam presos dentro de gaiolas e sem controle de prenhez e carteira de vacinação.

Cães foram resgatados de canil em condomínio de Rio Preto. — Foto: Fernando Daguano/TV TEM

“No geral, os animais estão bem. O problema foram as condições às quais estavam expostos”, afirma a diretora do Dibea, Karol Prado.

Depois do resgate ser realizado com o apoio da Guarda Civil Municipal (SP) e da Polícia Ambiental, os cães foram levados para o Centro de Controle de Zoonoses, onde estão sendo avaliados por veterinários.

Ainda segundo o Dibea, não há local definido para os cachorros serem encaminhados para a adoção. O proprietário vai ser investigado pelo crime de maus-tratos.

Cães foram encontrados dentro de gaiolas em Rio Preto. — Foto: Arquivo Pessoal
Cães são da raça spitz alemão. — Foto: Fernando Daguano/TV TEM
Filhotes estão recebendo tratamento veterinário em Rio Preto — Foto: Fernando Daguano/TV TEM

Fonte: G1


Nota do Olhar Animal: Não, o problema não é ser clandestino. Isso é só um possível agravante. Mas o problema central é o comércio de seres sencientes, tratados como meras mercadoria. São os maus-tratos no cruzamento ou os danos causados pela mera seleção genética, que produz características que fazem os animais sofrer e muito. Tudo isso ocorre em canis legalizados também.

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.