Cães do Canil Municipal aguardam por novos tutores em Juiz de Fora, MG

Cães do Canil Municipal aguardam por novos tutores em Juiz de Fora, MG

Canil abriga cerca de 400 cachorros, bovinos e equinos. Visitas para adoção ocorrem de segunda a sexta-feira. 

MG canil municipal juiz de fora 1

Cerca de 400 animais estão aguardando um novo lar no Canil Municipal de Juiz de Fora, que abriga cachorros de várias raças, bovinos e equinos, que foram abandonados nas ruas ou fugiram do antigo lar. Um dos animais é um poodle adulto, de pequeno porte, encontrado amarrado em frente ao canil nesta terça-feira (24) quando os funcionários chegavam para trabalhar.

O canil tem uma área de isolamento para os cães que precisam de tratamento e outra para os mais ferozes, como os da raça pitbull. As fêmeas que já chegam prenhas ganham um espaço especial após parir os filhotes. De acordo com a veterinária responsável, Liza Ramos, todo animal recolhido é avaliado clinicamente, vermifugado e vacinado. Quando é feita uma adoção, o animal é encaminhado para castração gratuita, realizada pelo Departamento de Zoonoses, da Secretaria de Saúde.

Interessados em adotar devem entrar em contato com o canil pelo telefone (32) 3690-3591. “Primeiro fazemos um trabalho de conscietização. A pessoa precisa ter certeza de que quer um animal e ter a consciência de que precisará dar boa alimentação e cuidados veterinários por cerca de 15 anos, que é a média de vida. Também mostramos que é preciso dispor de tempo para levar o animal para passear, não deixá-lo muito tempo sozinho. Além disso, procuramos saber qual é o intuito da pessoa, companhia ou guarda, por exemplo”, explicou.

Após manifestar que realmente deseja fazer a adoção, o interessado pode ir ao canil, que fica no Bairro Nova Benfica, e levar documento de identidade, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. As visitas para adoção podem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 9h às 10h30, e das 13h às 15h30. Se optar pela adoção, é preciso assinar um termo de responsabilidade. De acordo com a veterinária, atualmente há cerca de duas visitas por dia com intenção de adoção, sem necessariamente um animal ser adotado. Ela ainda explicou que em férias e épocas de calor ou muito frio, o movimento diminui.

Bovinos e equinos

Já no curral de bovinos e equinos, no momento, estão dois cavalos, sendo um de cor cinza que foi apreendido nas ruas da cidade nesta terça-feira. O outro recolhido, pela segunda vez, no último dia 18, é branco e estava na Avenida Brasil próximo à ponte do Bairro Santa Terezinha.

Em caso de reincidência da apreensão, o tutor tem que pagar uma multa no valor de R$ 422 e diária de R$ 3,98, caso queira retirar o animal, conforme informado pela Prefeitura. A multa para quem não é reincidente é de R$ 211, além de diárias. Caso não seja retirado em dez dias, o equino é disponibilizado para adoção. O artigo 32 da lei federal 9.605 prevê detenção, de três meses a um ano, e multa para quem maltratar animais, o que inclui o abandono, segundo a Prefeitura.

MG canil municipal juiz de fora 2

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.