Cães e gatos cuidados por idosa agredida no RS ganham novo lar

Cães e gatos cuidados por idosa agredida no RS ganham novo lar

Mais de 20 animais foram adotados em feira realizada em São Leopoldo. Marina recebeu alta do hospital e passou o Dia das Mães com a família.

Uma feira de adoção realizada no último sábado (7) em São Leopoldo, no Vale do Sinos, no Rio Grande do Sul, encaminhou 21 cães e três gatos para novas casas. O evento foi organizado depois que uma idosa de 79 anos, cuidadora desses animais abandonados, foi agredida e precisou ser hospitalizada.

Marina Candida Pereira já recebeu alta. Desde sexta-feira (6) ela está na casa da filha Neli Sperb, de 59 anos, recebendo cuidados de familiares. Nesse mesmo dia, a Polícia Civil prendeu uma mulher de 28 anos suspeita de espancar e assaltar a idosa. Ela havia invadido a residência da vítima e roubado R$ 100.

RS saoleopoldo idosa feira 02De acordo com um dos organizadores da feira e vizinho de dona Marina, Luciano Stabel, de 35 anos, apenas cinco cachorros não foram adotados.
“Deu bastante certo. Por mais que a gente estivesse otimista, a gente não sabia que seria tão bom o resultado”, comemora.

Ele conta que moradores de Nova Hartz e Ivoti, também do Vale do Sinos, além de Porto Alegre, se deslocaram a São Leopoldo especialmente, para participar da feira. “Estamos recebendo fotos de adotantes, valeu muito a pena”, garante.

Os protetores também receberam doação de pelo menos 600 kg de ração, que será destinada aos cães que ainda estão na casa da idosa. Conforme Luciano, nem todos os animais que ficavam sob os cuidados de Marina estão aptos a receber um novo lar. “Alguns estão doentes, com vermes e passando por tratamento”, explica.

RS saoleopoldo idosa feira 03

RS saoleopoldo idosa feira 04

Dia das mães em família

Marina recebeu alta do Hospital Porto Alegre, onde estava internada, na última sexta-feira (6), e passou o Dia das Mães com a filha e a neta. Segundo familiares, inicialmente, a idosa precisaria passar por uma cirurgia, mas, após a realização de uma série de exames, o procedimento foi descartado pelos médicos.

“Ela está morando com a minha mãe, que está cuidando dela, pois ainda sente muita dor e precisa tomar alguns remédios”, conta a neta Daiane Sperb Seganfredo, analista de projetos.
Após a recuperação total de Marina, a família pretende procurar ajuda financeira para construir uma casa nova para ela, para que algum parente possa passar a morar com a idosa. De acordo com a neta, na atual condição da moradia, fica inviável que ela retorne ao local.

Nova feira de adoção será promovida no próximo sábado

Após o sucesso da primeira ação, as ONGs defensoras da causa animal decidiram se unir novamente para realizar outra feira, que deve reunir o restante dos animais já tratados e considerados aptos para adoção.

O evento vai ocorrer no próximo sábado (14), das 10h às 14h, no mesmo local, na esquina das ruas Conceição e Independência, em frente ao colégio Visconde, no Centro de São Leopoldo. Mais informações podem ser conferidas na página do Fotógrafo Protetor no Facebook.

RS saoleopoldo idosa feira 05

Fonte: G1

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.