Cães mortos são achados congelados às margens de rio em Gravataí, RS

Também foi encontrado saco plástico com órgãos de animais em Gravataí. Segundo prefeitura, há indícios de que animais vieram de clínica veterinária.

Dezessete cães mortos foram encontrados na manhã desta quinta-feira (26) às margens do Rio Gravataí, no município de mesmo nome na Região Metropolitana de Porto Alegre. Segundo a prefeitura, eles estavam congelados e foram descartados na Avenida dos Funcionários. Também foi encontrado um saco plástico com órgãos de animais.

Os cachorros mortos foram recolhidos e serão levados para o aterro sanitário de Minas do Leão, segundo a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSU). De acordo com a Fundação Municipal de Meio Ambiente (FMMA), há indícios de que os animais são de uma clínica veterinária, considerando o fato de estarem congelados.

Os cães colocados em área de preservação podem ser prejudiciais ao Rio Gravataí. “Não sabemos identificar a causa da morte dos animais, podem ter morrido por diversos motivos, incluindo doenças. Caso algum deles caia no rio há um risco de contaminação ainda maior com o degelo deles na água”, disse a diretora-presidente da FMMA, Cláudia Costa.

O município busca vestígios para localizar o autor. Segundo a prefeitura, o episódio é considerado crime pelos dois órgãos municipais.

A Fundação Municipal de Meio Ambiente pode atuar segundo a Lei Federal N° 9.605, multando o autor por ação lesiva ao meio ambiente. O valor da autuação pode variar entre R$ 500 e R$ 1 milhão. Já pela SMSU, a infração é considerada gravíssima segundo o Código de Limpeza Urbana e pode ultrapassar os R$ 3 mil.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.