Cães que sofriam maus-tratos são resgatados de criadouro comercial em Cabo Frio, RJ

Cães que sofriam maus-tratos são resgatados de criadouro comercial em Cabo Frio, RJ

Vinte e dois cães das raças Shitszu, Yorkshire e Maltês foram resgatados pela Superintendência de Proteção aos Animais de Cabo Frio. Os animais estavam sofrendo maus-tratos.

Ao fiscalizar o ambiente em que os animais viviam, a superintendente encontrou os animais em local inapropriado e gaiolas extremamente pequenas e apertadas. Não havia água para beber e muitos cães estavam doentes e com pelos embolados. Todos estavam com a pelagem molhada. “Ficamos cerca de 20 minutos esperando do lado de fora do imóvel até que permitissem nossa entrada, e quando entramos notamos que haviam acabado de limpar o local porque estava tudo molhado”, contou a superintendente de Proteção aos Animais, Carol Midori.

Os filhotes, segundo ela, eram vendidos, e as matrizes estavam em péssimo estado de saúde. “O filhote de maltês estava tão debilitado que não sabemos se vai sobreviver”, informou Carol, que alerta. “Quando você compra um filhote bonitinho, sem saber a procedência, tenha a consciência de que está financiando esse tipo de maus tratos”.

Todos os cães estão sob tutela da Superintendência e o processo de adoção será extremamente rigoroso para que eles não sejam usados, novamente, para matriz.

Vale lembrar que a Superintendência disponibiliza o telefone (22) 99237-6507 (apenas WhatsApp) para que sejam feitas denúncias de maus tratos. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. A Superintendência fica nas dependências do Canil Municipal, localizado na Fazenda Campos Novos, na Rodovia Amaral Peixoto, Km 124, em Tamoios.

Por Thaiany Pieroni

Fonte: Clique Diário

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.