Cães raquíticos são salvos de maus-tratos em Praia Grande, SP: ‘ficamos chocados’

Cães raquíticos são salvos de maus-tratos em Praia Grande, SP: ‘ficamos chocados’
Situação em que cachorros foram encontrados deixou protetores assustados em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo pessoal/Carlos Eduardo Barbosa

Quatro cachorros foram resgatados em situação de extrema vulnerabilidade em uma casa em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Alguns deles estavam raquíticos e todos estavam expostos a um ambiente cheio de fezes. Após o resgate, os animais estão sendo acompanhados por veterinários.

O protetor de animais Carlos Barbosa chegou ao imóvel depois de receber uma denúncia. “Orientei que registrassem a denúncia. Isso é crime, mas ninguém fez o registro. Nos informaram que os animais estavam em situação crítica e que a dona não era fácil, então não seria fácil fazer o resgate”, explica.

Após receber as informações, Barbosa procurou a equipe policial do 2º DP de Praia Grande e registrou boletim de ocorrência por maus-tratos. Na tarde desta sexta-feira (28), ele foi até a residência e conversou com a tutora dos animais, uma idosa.

Animais foram resgatados de ambiente repleto de fezes em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo pessoal/Carlos Eduardo Barbosa
Animais foram resgatados de ambiente repleto de fezes em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo pessoal/Carlos Eduardo Barbosa

“Tentei explicar para ela que tínhamos que fazer o resgate por meio de uma conversa amigável, se não, teria que retornar com a polícia, porque não poderíamos deixar os cães naquela situação”, diz o protetor. De acordo com ele, os cachorros foram encontrados sujos, extremamente magros e expostos a um terraço aberto, cheio de fezes. Todos aparentavam estar anêmicos.

“Eu estava com outra protetora. Ficamos em choque com a situação que os encontramos. Pela foto imaginamos, inicialmente, que havia acontecido alguma coisa, fazendo com que não fosse possível limpar a área que eles estavam, que não era algo rotineiro, mas depois vimos que era sim. Ficamos chocados em como as pessoas podem tratar os animais dessa forma”, lamenta.

A idosa disse aos protetores que tinha dificuldade de chegar até o local onde estavam os animais. Ela explicou que precisava subir uma escada e, como tinha dificuldade, o local acabava ficando sem limpeza diária e os cachorros não recebiam muito alimento, apenas quando recebia a visita de familiares que poderiam ajudá-la.

Depois do resgate ser realizado, os animais foram levados para uma clínica veterinária no bairro Vila Mirim, onde seguem sendo acompanhados. “O pior é que ela ainda tinha um cachorro todo gordinho, cheio de pelo dentro de casa, bem cuidado, enquanto esses quatro estavam assim. Porém, agora eles estão sendo alimentados e respondendo bem ao tratamento. Estão anêmicos, fracos, mas não aparentam nenhuma doença”, explica.

Segundo Barbosa, os veterinários estão colhendo amostras de sangue para um laudo conclusivo do estado de saúde dos cães. Um deles já recebeu o diagnóstico de dois tumores. Após serem castrados, os cachorros serão colocados para adoção.

Cachorros resgatados estão recebendo tratamento veterinário em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo pessoal/Carlos Eduardo Barbosa
Cachorros resgatados estão recebendo tratamento veterinário em Praia Grande, SP — Foto: Arquivo pessoal/Carlos Eduardo Barbosa

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.