Cães vítimas de maus-tratos em Presidente Prudente (SP) passam por avaliação médica no CCZ

Cães vítimas de maus-tratos em Presidente Prudente (SP) passam por avaliação médica no CCZ
Cães vítimas de maus-tratos em Presidente Prudente passaram por avaliação médica no CCZ. Foto: Marcos Sanches/Secom

A Prefeitura de Presidente Prudente informou nesta segunda-feira (5) que os dois cães resgatados pela Polícia Militar Ambiental no último sábado (3), após constatação de maus-tratos, foram acolhidos pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). Um dos animais foi encontrado com o focinho enrolado com fita adesiva.

Os cachorros foram atendidos pelo médico veterinário do CCZ, Guilherme Kempe. A equipe realizou coleta de sangue para exames, chipagem e vermifugação. “Constatamos que os animais estão em boas condições de saúde, apesar do cenário que eram mantidos”, declarou o veterinário.

De acordo com o gerente do órgão municipal, Ricardo Barbosa dos Santos, os animais ficarão sob a responsabilidade do CCZ até que seja encontrada uma família responsável e que esteja disposta a adotá-los.

“Futuramente, eles serão castrados e colocados para adoção. Desejamos que encontrem um lar que proporcione só amor e carinho”, afirmou Santos.

 Homem recebe multa de R$ 3 mil por maus-tratos a animal. Foto: Polícia Ambiental
Homem recebe multa de R$ 3 mil por maus-tratos a animal. Foto: Polícia Ambiental

O caso

Um rapaz, de 22 anos, foi multado pela Polícia Militar Ambiental em R$ 3 mil por maus-tratos a cachorros, em Presidente Prudente (SP). A ocorrência foi registrada no sábado (3).

De acordo com a polícia, a equipe recebeu uma denúncia que o homem havia quebrado a casinha do cachorro e com o material estava agredindo os animais. A fiscalização foi até o local e constatou que um dos cães estava com o focinho enrolado com fita adesiva.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.